Bitcoin bate mais um recorde e supera R$ 180 mil

Bitcoin atingiu capitalização total de mercado de US$ 632 bilhões.

O Bitcoin bateu (de novo) mais um recorde de preço e passou a ser negociado acima dos US$ 34 mil na manhã deste domingo. No Brasil o ativo digital superou os R$ 180 mil pela primeira vez na história.

Nas últimas 24 horas o ativo digital valorizou 11%. No dia primeiro de janeiro a moeda valia US$ 29 mil, 3 dias depois passou a ser negociada por US$ 34.100. Uma valorização de US$ 5 mil dólares em menos de uma semana.

Só nos últimos 7 dias o Bitcoin valorizou 30%. No ano passado a alta foi superior a 300%.

A alta infinita, como tem sido chamada, pode ter sido catalisada na corretora Coinbase, a maior corretora de criptomoedas dos Estados Unidos.

Mais de 12 mil bitcoins foram retirados da corretora só nos últimos dois dias, um indicador de que algum investidor institucional pode estar potencialmente comprando a moeda digital.

Além disso, o número de bitcoins sendo vendidos com preço menor que US$ 100 mil tem caído consideravelmente na Coinbase. A maioria das ordens de venda estão sendo colocadas acima do preço de 100 mil.

Com a alta, o Bitcoin atingiu capitalização total de mercado de US$ 632 bilhões. O mercado de criptomoedas alcançou US$ 881 bilhões, isso deixa o Bitcoin com dominância de 72%.

Com exceção da XRP, todas as 10 principais criptomoedas do mercado estão em alta de até dois dígitos.

O momento é de felicidade e de tristeza. Quem comprou o ativo digital no passado comemora nas redes sociais, quem não comprou, contudo, lamenta a decisão.

💰 $100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias