Veterano de Wall Street acredita que o Bitcoin chegará a US$ 20 mil em 2020

O bilionário também falou que não é nenhuma surpresa que as pessoas estão colocando de 1% a 2% de seu portfólio em Bitcoin.

-

Siga no
Mike Novogratz
Mike Novogratz

Desde o halving todo mundo está de olho na movimentação do Bitcoin, que por sua vez está surpreendendo positivamente com um aumento de preço logo após o evento. A maior criptomoeda do mundo saiu da casa dos US$ 8.500 para o nível atual de US$ 9.600 desde o dia 11. No entanto, para Michael Novogratz, estamos longe do valor potencial do Bitcoin.

Novogratz é um bilionário veterano de Wall Street, antigo parceiro da Goldman Sachs e um dos principais defensores do Bitcoin. Para o investidor, esse ano ainda veremos o Bitcoin chegar a US$ 20 mil, o seu valor histórico mais alto.

Em uma entrevista para o CNN no começo da semana, Novogratz, defendeu novamente a sua previsão de que a moeda vai alcançar a sua alta histórica em breve.

Segundo ele, isso acontecerá por causa da situação macroeconômica atual, que está sendo extremamente benéfica para todos os ativos com escassez, como o ouro e o Bitcoin.

A opinião de Novogratz é compartilhada por outros especialistas do assunto, que acreditam que o aumento da escassez do Bitcoin vai ser o grande diferencial no futuro da economia.

O Bitcoin está indo na contramão da moeda fiduciária, que tem produção infinita e descontrolada, isso deve alavancar o Bitcoin como reserva de valor e consequentemente fazer o ativo valorizar.

Durante a entrevista, o CEO da Galaxy Digital disse:

“Nós temos a flexibilização quantitativa em cima de flexibilização quantitativa em todo o mundo, não apenas nos EUA. Do outro lado, o halving do Bitcoin é basicamente o ‘enrijecimento quantitativo’. Então você tem esse ponto de exclamação na história de um ativo escasso.”

Bitcoin como proteção contra crise

Bitcoin (BTC) volume de compra

Na ocasião o investidor também falou que não é nenhuma surpresa que as pessoas estão colocando de 1% a 2% de seu portfólio em Bitcoin.

Essa provavelmente seja uma referência a Paul Tudor Jones, bilionário que recentemente comprou Bitcoin como um hedge contra a atual crise.

Essa é uma movimentação que está ficando cada vez mais comum no mercado, com grandes nomes também aumentando a presença do Bitcoin em seu portfólio.

Enquanto mais pessoas passam a adotar esse tipo de comportamento, justamente quando o Bitcoin passou a ser mais escasso, pode ser justamente o que alimentará a demanda pelo ativo digital, justamente o argumento que muitos estão usando para prever o aumento do Bitcoin.

Por enquanto o ativo digital continua tentando se manter na casa de US$ 9.600, antes de começar a testar novas resistências. Esse é um momento muito importante para ficarmos de olho na moeda.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Avatar
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Bitcoin nos EUA

Kanye West é fã do Bitcoin, novo candidato a eleição dos EUA

Um fã do Bitcoin, Kanye West se declarou como novo candidato a eleição presidencial dos EUA que acontece nos próximos meses. O rapper, conhecido...
Desenvolvedor blockchain

Gigante empresa contratando desenvolvedor blockchain

Uma gigante empresa de tecnologia, que presta serviço para o Google, Rolls-Royce, Pinterest, Ernst & Young (EY), SiriusXM, Motorola e ViacomCBS está com uma...
Corretora de criptomoedas e Bitcoin Binance

Binance venceu disputa no Brasil e consegue sua marca

A corretora de criptomoedas Binance anunciou a chegada ao Brasil há poucos meses e já teve problemas. Ao tentar o registro no INPI, se...