Bitcoin dispara e mercado de criptomoedas se aproxima de US$ 2 trilhões

Muitos analistas estão certos que o mercado de criptomoedas está de volta aos seus caminhos de alta após o aumento nos preços dos principais ativos digitais.

Siga no
Bitcoin alta
Bitcoin alta

A última semana foi interessante para o mercado de criptomoedas e vários eventos se desenrolaram com reviravoltas inesperadas. A maioria dos traders estão otimistas sobre como o mercado inverteu seu movimento de queda e registrou máximas que não eram alcançadas há 3 meses.

A semana começou com o valor total de mercado acima de US $ 1,6 trilhão e lentamente caiu para US $ 1,45 trilhão. Nos últimos 4 dias, no entanto, o mercado ganhou mais de 300 bilhões, lenvando a capitalização total para US$ 1.82 trilhão.

Muitos analistas estão certos que o mercado de criptomoedas está de volta aos seus caminhos de alta após o aumento nos preços dos principais ativos digitais.

Bitcoin

A corrida de alta começou na quarta-feira, com o Bitcoin liderando os ganhos, já que valorizou mais de 15% em apenas 4 dias. A moeda digital chegou a ultrapassar a marca de US $ 45.000 neste domingo.

O Bitcoin valorizou 4,1% no sábado (7), chegando a ser negociado por US $ 44.400, seu nível mais alto desde 18 de maio. O Ethereum viu alta de 6,8% em meio à atualização da rede que reduz o ritmo de emissão de moedas.

As criptomoedas com maior volume de mercado tiveram seus picos este ano e depois sofreram um desastre que chocou os investidores. Mas agora parece que tudo mudou. Até os touros do Bitcoin preveem que antes do final do ano o valor chegará perto de US $ 100 mil.

Apesar de o mercado em alta pareça estar de volta, o setor ainda está em um fio muito tênue devido ao projeto de lei de infraestrutura proposto pelos legisladores dos EUA.

O projeto de lei de infraestrutura é um fator que ainda cria incerteza, pois tem emendas duvidosas que tratam dos requisitos de transações e cobrança de impostos para criptomoedas. O grupo bipartidário que elaborou o projeto de lei quer uma tributação extra nos ativos digitais para ajudar a pagar alguns dos custos do projeto de lei.

Mesmo assim, o Bitcoin parece ignorar o projeto e está se aproximando de sua média móvel de 50 dias, uma marca que não atingia desde 26 de maio.

Ethereum

Após a recente atualização na rede do Ethereum, o preço do ativo digital passou a subir, a moeda agora é negociada acima de US $ 3.000, valor visto pela última vez em maio.

Desde meados de maio, quando todo o mercado de criptomoedas começou a cair, o Ethereum vinha sendo negociado lateralmente por cerca de US$ 2.000.

No entanto, após o update chamado de Londres, o preço começou a subir e finalmente se fixou em cerca de US $ 2.500 na manhã de quinta-feira (5).

A atualização foi considerada um sucesso e há grandes esperanças em relação ao futuro da segunda maior criptomoeda do mundo. No momento da redação desta matéria o Ethereum estava sendo negociado a US $ 3.100, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Embora o preço atual ainda esteja abaixo de seu recorde histórico de quase US$ 4.400, a última vez que o altcoin foi negociada na região de US$ 3 mil foi há quase três meses.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Criptomoeda Dogecoin

Elon Musk curte que cinema planeja aceitar Dogecoin

Elon Musk curtiu uma publicação de que a maior rede de cinemas do mundo planeja aceitar Dogecoin como meio de pagamento, a rede AMC...

Presidente da SEC diz que criptomoedas só valem algo porque alguém vai querer comprar...

O Presidente da SEC, Gary Gensler, novamente voltou a falar sobre o criptomercado e sobre as moedas digitais. Desta vez Gensler demonstrou estar bem menos...
Binance sob pressão Brasil

Binance anuncia fim de negociações de derivativos na Austrália

A Binance é a maior corretora de criptomoedas do mercado global e com certeza um importante pilar para todo o setor. No entanto, com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias