Bitcoin acaba de quebrar mais um recorde

Quatro pessoas segurando moedas físicas de Bitcoin.
Quatro pessoas segurando moedas físicas de Bitcoin.

Número de endereços de Bitcoin com saldo atinge marca histórica ao se aproximar de 40 milhões segundo dados do IntoTheBlock. Indo além, a empresa destaca que 880.000 novas carteiras foram criadas em 2022 apesar de seu preço ainda estar em baixa em relação ao topo do ano anterior.

Sobre a distribuição, dados do BTC.com apontam que a maior parte destes endereços contém entre 0,001 e 0,01 BTC (R$ 200 e R$ 2.000), responsáveis por 25% dos endereços com saldo.

Baseando-se na população total mundial, hoje em 7,7 bilhões, este cenário nos mostra que a adoção do Bitcoin ainda está em seu início. Portanto, o acumulo de satoshis continua sendo muito importante, como mostra o usuário que está comprando Bitcoin todos os meses desde 2017.

Número de carteiras com saldo segue crescendo

A análise publicada pelo IntoTheBlock nesta segunda-feira (14) aponta que, apesar da queda de preço, cerca de 880.000 novos endereços com saldo surgiram apenas em 2022. Sendo assim, atualmente o número total está próximo aos 40 milhões.

“Recorde de detentores — O número de endereços com BTC continua estabelecendo novos recordes. Endereços de Bitcoin com saldo atingiram um recorde de quase 40 milhões. Mesmo com a tendência de queda do BTC em 2022, a rede adicionou um total de 888.000 novos endereços com saldo.”

Embora uma pessoa possa criar quantos endereços deseja, principalmente para proteger sua privacidade, estima-se que este número também reflita a entrada de novas pessoas. Dois dos principais motivos que podem ter contribuído recentemente para estes números são a guerra entre a Rússia e a Ucrânia, bem como o protesto dos caminhoneiros no Canadá.

Distribuição dos endereços de Bitcoin

Analisando tais números mais a fundo, dados do BTC.com apontam que a maior parte destes quase 40 milhões de endereços é composta por carteiras com saldos entre 0,001 e 0,01 BTC (R$ 200 e R$ 2.000). Portanto, é correto afirmar que pequenos investidores são parte fundamental da rede atualmente.

  • 09% — Entre R$ 0 e R$ 2 (0 e 0,00001 BTC)
  • 19% — Entre R$ 2 e R$ 20 (0,00001 e 0,0001 BTC)
  • 24% — Entre R$ 20 e R$ 200 (0,0001 e 0,001 BTC)
  • 25% — Entre R$ 200 e R$ 2.000 (0,001 e 0,01 BTC)
  • 15% — Entre R$ 2.000 e R$ 20.000 (0,01 e 0,1 BTC)
  • 06% — Entre R$ 20.000 e R$ 200.000 (0,1 e 1 BTC)
  • 02% — Mais de R$ 200.000 (mais de 1 BTC)
Número e porcentagem de endereços, divididos por saldo. Fonte: BTC.com

Contudo, a maior parte dos bitcoins está concentrada em carteiras que contém entre 1.000 e 10.000 BTC (R$ 200 milhões e 2 bilhões), responsáveis por 27% de todos BTC em circulação. Apesar disso, muitas destes endereços são de exchanges, portanto podem representar saldos de diversas pessoas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias