Bitcoin toca média móvel de 200 semanas e pode ter alta meteórica, aponta Ark Invest

Outra criptomoeda analisada pela Ark, ainda que brevemente, foi o Ethereum. Embora não seja comum que o Ether apresente ganhos maiores que os do Bitcoin durante períodos de baixa, a estudo sugere que a transição para Proof-of-Stake chamou a atenção de diversos investidores.

Moedas de bitcoin subindo.

Em seu relatório mensal de julho, intitulado “A poeira está baixando”, a Ark Invest mostra-se otimista com o futuro do Bitcoin. O motivo é o toque na média móvel de 200 semanas, evento que fez o BTC disparar 240% nas únicas outras seis vezes que isso ocorreu.

Sobre seu título, a Ark está se referindo ao estrago causado pela falência de gigantes como a Celsius e a Three Arrows Capital (3AC), eventos que já parecem estar no passado, como o hack da Mt. Gox em 2014.

Indo além, o estudo também analisa o crescimento da Lightning Network apesar do mercado de baixa, bem como o potencial de crescimento do Ethereum em relação ao Bitcoin.

Bitcoin pode subir 240% em um ano, afirma Ark Invest

A Ark Invest, gestora com US$ 14,5 bilhões em recursos sob administração, o principal motivo é o toque do preço na média móvel de 200 semanas, evento que acontece pela 7ª vez ao longo dos treze anos da criptomoeda.

“O Bitcoin recuperou sua média móvel de 200 semanas após violá-la pela 7ª vez na história,” comenta Yassine Elmandjra, analista da Ark Investment nas redes sociais. “O retorno de 1 ano após recuperar a MM de 200 semanas é, em média, de ~240%.”

Bitcoin toca média móvel de 200 semanas. Fonte: Ark Invest.

Cotado a 23.500 dólares, isso significa que o Bitcoin pode saltar para os US$ 56.400. Contudo, vale lembrar que o BTC possui uma grande resistência a ser quebrada nos US$ 30.000 antes que possa encontrar caminho livre.

“Essas dinâmicas sugerem que a queda abaixo da média móvel de 200 semanas foi um breve desvio, aumentando nossa convicção otimista.”

Seguindo, outro dado que sustenta o otimismo da Ark Invest é a atividade on-chain, em especial o crescimento da Lightning Network. O maior destaque é que sua adoção está acontecendo durante um forte mercado de baixa.

“O crescimento da capacidade do LN parece acelerar durante os mercados em baixa, marcando uma mudança no sentimento de exuberância e especulação para testar e construir soluções de longo prazo para o bitcoin.”

Crescimento da Lightning Network, solução de segunda camada do Bitcoin. Fonte: Ark Invest.

Ethereum também está no radar

Outra criptomoeda analisada pela Ark, ainda que brevemente, foi o Ethereum. Embora não seja comum que o Ether apresente ganhos maiores que os do Bitcoin durante períodos de baixa, a estudo sugere que a transição para Proof-of-Stake chamou a atenção de diversos investidores.

No gráfico abaixo, a gestora aponta que o Ethereum está em uma linha de tendência de alta há quase seis anos, ganhando espaço e gerando mais rumores de que a criptomoeda de Vitalik Buterin possa passar o Bitcoin em algum momento.

“Em julho, o preço do ether superou o preço do bitcoin em 34%, sugerindo que o sentimento do mercado de criptomoedas está se fortalecendo.”

Ethereum vs Bitcoin, as duas maiores criptomoedas do mercado. Fonte: Ark Invest.

Por fim, o mercado de criptomoedas parece mais calmo após o Bitcoin sustentar-se acima dos 20 mil dólares, ignorando as falas do Fed. Entretanto, alguns especialistas apontam que este bear market pode durar até dois anos, portanto, é bom estar preparado para todos os cenários possíveis.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias