Bitcoin SV valorizou mais de 130% nas últimas horas. Entenda porque essa criptomoeda é uma farsa

-

Siga no
BSV pump farsa
BSV pump farsa - pixabay.com

Bitcoin SV está chamando muita atenção nas últimas horas. Acabo de abrir o coinmarketcap e me deparo com essa imagem, que faz o dia de qualquer amante de criptomoedas: ver tudo verdinho.

CMC BSV subiu
Tudo verdinho. fonte: coinmarketcap.com

O que mais me chamou a atenção não foi o fato do Bitcoin ter subido 7%, ou do Ethereum ter subido 14%: essas variações são normais no nosso ecossistema. Contudo, esse pump de 130% do Bitcoin SV certamente é uma anomalia, e pode pegar muitos novatos desprevenidos.

Essa postagem é um alerta especial para pessoas que estão pesquisando sobre essa altcoin. Vou explicar porque o Bitcoin SV é uma farsa, e porque ele não é o que alega ser.

O que é o Bitcoin SV e como ele foi criado?

Histórico do Bitcoin Cash

Em agosto de 2017, Roger Ver e outros empresários ligados ao setor de criptomoedas propuseram algumas mudanças nas regras de consenso do Bitcoin. As mudanças propostas por Roger Ver rejeitavam a implantação do Segwit, que aumenta a escalabilidade reduzindo o tamanho de cada transação e torna possível a Lightning Network, e propunham um aumento do tamanho do bloco, o que também aumenta a escalabilidade, entretanto, com efeitos nocivos sobre a descentralização.

Como o Bitcoin é descentralizado, qualquer mudança nas regras do consenso deve ser aceita em consenso pela comunidade. A comunidade rejeitou a proposta do Roger Ver e adotou o segwit, sem alterar o tamanho do bloco. Dessa forma, o Bitcoin seguiu sendo minerado com basicamente as mesmas regras de consenso anteriormente. Inconformado, Roger Ver criou um blockchain paralelo, com a adoção de alguns mineradores e outros nomes conhecidos, como Jihan Wu da Bitmain e Craig “Faketoshi” Wright.

Assim foi criado o Bitcoin Cash (BCH), uma forma alternativa de Bitcoin que segue outras regras de consenso. Entretanto, o BCH tem uma liderança e nenhuma das vantagens da descentralização, diferentemente do bitcoin.

O BCH chamou alguma atenção no começo devido à alegação de que era o “verdadeiro Bitcoin”. Muitos novatos foram enganados e perderam muito dinheiro, trocando seus preciosos bitcoins pelo BCH (que caiu bruscamente de preço desde seu lançamento, diferente do Bitcoin).

Mas, e o Bitcoin SV?

Como se esse drama não bastasse, houve uma briga na liderança do Bitcoin Cash. Craig, que se auto proclamou como o Satoshi Nakamoto, o criador do Bitcoin. Ele disse que, como é seu criador, sabe qual é a verdadeira visão do Satoshi e criou o Bitcoin Satoshi Vision (BSV). Ele novamente propôs mudanças nas regras de consenso (que sinceramente nem quero saber quais são), que foram negadas por Roger Ver e pela Bitmain. Dessa forma, o Faketoshi criou o seu próprio blockchain, nascendo assim o BSV, o “verdadeiro Bitcoin Cash”.

Por que Craig “Faketoshi” é uma farsa?

Para piorar ainda mais a história, Craig Wright se diz ser o criador do Bitcoin. Para pessoas novas a alegação dele pode parecer plausível, mas não é.

Satoshi Nakamoto tem dezenas de endereços públicos conhecidos. Como o endereço usado para receber a recompensa do bloco Gênesis e muitos outros.

O Bitcoin possibilita que qualquer um, de posse da chave privada de um endereço, assine uma mensagem a partir da mesma. Tal mensagem é uma prova criptográfica de que você é o dono daquele endereço.

Bastaria uma simples mensagem partindo de um dos conhecidos endereços de Satoshi Nakamoto para Craig provar suas alegações. Contudo, ele nunca fez isso. Por que será?

Como assinar uma mensagem a partir de um endereço?

É muito fácil, e a maior parte das carteiras possibilita que você faça isso. Usando a Electrum, por exemplo, é só clicar no endereço e apertar “Sign Message”.

Assinando uma mensagem na Electrum wallet (fonte).

Craig poderia simplesmente escrever: “Eu sou Craig e sou o Satoshi” e anexar uma assinatura que só poderia ser gerada a partir da chave privada daquele endereço. Dessa forma, ele teria uma prova criptográfica irrefutável. Faria isso com alguns endereços e estaria provada a sua “identidade”.

O que (mais) está errado com o BSV e o BCH?

Eu amo o Bitcoin. O Bitcoin é muito mais do que uma moeda: É um fenômeno social. O Bitcoin une pessoas de diferentes culturas, países, religiões, profissões. Desde nerds do Vale do Silício, à Wall Street, Venezuela, Síria, Brasil, Rússia, todos os lugares. Não tem dono. É a internet do dinheiro. É um conceito realmente inovador.

O BCH e do BSV são um ataque ao Bitcoin. Eles são baseados em alegações falsas, como o “Faketoshi” e o “verdadeiro Bitcoin”.

Por muito tempo pensei “Melhor ignorar esse pessoal, não vamos alimentar o troll”. Contudo, isso pode ser a forma errada de conduzir a questão. A maior parte das personalidades mais influentes e conhecidas dessa área acham as alegações do Craig e de todo esse pessoal tão absurdas que simplesmente ignoram o Faketoshi e suas criações, nem se dando ao trabalho de responder às suas absurdas alegações.

Entretanto, cada vez mais eu vejo pessoas conhecendo o Bitcoin agora e se envolvendo com essas moedas.

Isso não quer dizer que o BSV e o BCH não irão mais subir. Eles podem continuar subindo. Mas, eu não darei um satoshi para esse pessoal.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Marcello
Marcello
Escreve sobre a tecnologia, blockchain, investimentos e notícias sobre criptomoedas. Certificado (CBP) pelo CryptoCurrency Certification Consortium (C4).
Criptomoedas: Bitcoin e Altcoins

Com queda da dominância do Bitcoin, altcoins fervem

Com uma balança positiva em julho, o mês de agosto já começou com fortes emoções no mercado de criptomoedas. Um detalhe importante registrado neste...
Bitcoin (BTC e Blockchain) na Bandeira da Argentina

Economistas da Argentina desconfiam do Bitcoin como moeda

Nos últimos dias a ONG Bitcoin Argentina organizou um evento importante no país, convidando uma série de especialistas para debates. Alguns economistas que foram...
Discovery Channel apresenta documentário sobre criptomoeda Dragonchain

Produtor da Discovery Channel diz que Bitcoin está ameaçado

Neste sábado (01), foi ao ar o último episódio do programa Open Source Money, apresentado no Discovery Science dos EUA. O produtor do documentário...