Braziliex anuncia remoção de 8 criptomoedas

Efeito Ethereum Classic

Siga no

A Braziliex, corretora de criptomoedas Brasileira que possui atualmente o maior portifólio de moedas alternativas (altcoins) anunciou a remoção da Ethereum Classic e outras 7 moedas.

A empresa explicou que a ação “parte do princípio de que tem o dever de proteger os clientes, e vai remover moedas que estão propensas a ataque 51%*.

As criptomoedas que serão removidas da corretora são:

Crown (CRW)

Onix (ONIX)

Bitcoin Gold (BTG)

Ethereum Classic (ETC)

Internet of People (IoP)

LitecoinCash (LCC)

Prosper (PRSP)

Crafty (CFTY)

Recentemente a shitcoin conhecida como Ethereum Classic (mais uma daquelas moedas alternativas criadas sem propósito, razão ou valor) sofreu um ataque de 51%, fazendo com que a Coinbase, maior corretora de criptomoedas do Estados Unidos, removesse a moeda de sua plataforma. As perdas estimadas com o ataque somam 500 mil dólares.

Infelizmente, investidores que escolheram essa moeda como investimento ficam no prejuízo, pois, o valor do ativo tende a cair em queda livre quando esse tipo de ataque acontece.

A Braziliex, em uma ação acertada, vai remover essa “altcoin” com a intenção de proteger os usuários, a empresa pede que os usuários da plataforma removam seus fundos das moedas que serão removidas até o dia 15/02/2019. Caso o saque não seja feito até o prazo final, os saldos das respectivas moedas citadas serão automaticamente convertidos para Bitcoin, obedecendo a cotação do dia.

A Braziliex é uma das únicas brasileiras a ser indexada pelo Coinmarketcap, no momento da redação deste a artigo, a empresa somava movimentação de mais de 600 mil reais nas últimas 24 horas.

Outras mudanças na Braziliex

A empresa informou também que irá remover algumas moedas do mercado de negociações pelo par Real. Isso significa que não mais serão compradas e vendidas com Reais, somente com Bitcoin.

O principal motivo desta medida é a cotação dos criptoativos, que não ultrapassam dos R$ 0,50 por moeda. Vale adicionar uma exceção, a exemplo da Decred (DCR) e Binance Coin (BNB), que sustentam uma cotação mais alta, porém, assim como as demais moedas de cotação inferior, têm baixos volumes de negociações, que não justificam os custos de manutenção para que sejam negociadas na plataforma.

A lista de moedas que sofrerão esta mudança são:

Anti-Bureaucracy Coin (ABC)
Binance Coin (BNB)
Gimmer (GMR)
Golem (GNT)
OmiseGo (OMG)
SingularDTV (SNGLS)
Decred (DCR)
MartexCoin (MXT)
Niobio Cash (NBR)
SmartCash (SMART)

Moedas com cotação maior que R$ 0,50 podem ser negociadas normalmente pelos pares Real (BRL) e Bitcoin (BTC):

Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Litecoin, Tether, Ripple, Zcash, Dash e Monero. As negociações dessas moedas permanecem como antes, sendo realizadas por Real e Bitcoin.

A empresa também informou que terá um novo limite para criação de ordens que será de R$ 5,00 (ou equivalente em BTC).

Clique aqui para ver a lista completa de alterações.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...
Dedo encostando em aplicativo da Binance

Binance está sendo investigada por manipulação de mercado, diz Bloomberg

A maior corretora de criptomoedas do mundo, Binance, está sendo investigada nos Estados Unidos por suposta manipulação de mercado e inside trading, de acordo...
Rússia-ban-Bitcoin Imagem: Shutterstock

Rússia diz que vai “salvar” população de investir em criptomoedas

O Banco Central da Rússia começou a trabalhar com os bancos locais para desacelerar os investimentos em criptomoedas, a fim de reduzir os riscos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias