Cardano (ADA) volta a operar acima de 1 dólar e termo ‘altseason’ dispara no Twitter

Cardano (ADA) em frente a gráfico com preço em alta.
Cardano (ADA) em frente a gráfico com preço em alta.

Conhecida por ser uma das principais rivais do Ethereum, a Cardano (ADA) voltou a ser negociada acima de 1 dólar nesta quarta-feira (23) após passar mais de um mês na casa dos centavos. No total, a valorização diária chegou a 12% enquanto a semanal ultrapassou os 33%.

Junto a ela, diversas criptomoedas alternativas (altcoins) estão tendo um ótimo desempenho nesta semana. Em especial, algumas moedas esquecidas há algum tempo como Ethereum Classic (ETC) com valorização de 71% na semana e Dash com 37% no mesmo período.

Devido a isso, a hashtag “altseason” — temporada das criptomoedas alternativas — virou tendência no Twitter nesta quarta-feira. Junto as moedas citadas acima, dezenas de outras estão com alta superior a 20% no gráfico semanal em relação ao dólar enquanto o Bitcoin se mantém estável na região dos 42.500 dólares.

Cardano chega ao marco de 4.000.000 de NFTs

Logo após romper a resistência da região de 1 dólar nesta manhã, a Cardano (ADA) disparou mais de 10% em apenas três horas. No momento, a ADA está sendo negociada por US$ 1,08, ou R$ 5,24, voltando ao 7º lugar por capitalização de mercado após ultrapassar a Terra (LUNA).

Além do marco de preço, tanto o fundador Charles Hoskinson quanto a comunidade da Cardano estão comemorando outra métrica. Afinal, neste dia o número de NFTs cunhados nesta sua blockchain chegou ao número de 4 milhões.

“Lembra quando eu previ milhares de ativos e DApps na Cardano? Bem, eu estava errado, agora existem milhões de ativos nativos emitidos e os DApps agora estão na casa das centenas.”

Nos comentários seguintes é possível encontrar diversos investidores rebatendo quem criticou a Cardano no passado. Entretanto, mesmo com a recente alta, a moeda ainda está 65% abaixo de seu topo histórico, ocorrido em setembro do ano passado quando a moeda chegou a ser negociada por 3,10 dólares.

Altseason pode estar acontecendo

Embora a Cardano esteja com bons resultados nesta semana, ela não é a única. Pelo contrário, diversas altcoins já esquecidas pelo mercado estão apresentando ganhos similares ou até maiores. Devido a isso, a hashtag altseason chegou a subir para as tendências do Twitter nesta quarta-feira.

O termo altseason surgiu em 2017 em um momento onde as criptomoedas alternativas apresentavam lucros maiores do que o próprio Bitcoin. Desde então entusiastas aguardam para uma nova oportunidade semelhante.

Registrando uma alta semanal de 70%, o esquecido clone do Ethereum, o ETC, voltou a despertar curiosidade. Além desta, um clone do Bitcoin, o BTG, também disparou 50% no período. A lista segue com moedas como Dash com 36%, Qtum com 37%, Kusama com 33%, além de NEO, EOS, ZEC, AAVE, ONE, VET e diversas outras com ganhos acima de 20%.

Embora seja impossível prever se esta tendência continuará, esta alta pode estar sendo um ótimo momento para se livrar de algumas shitcoins que estão pesando o portfólio dos investidores mais agressivos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias