Fundador da Cardano e desenvolvedores do Ethereum brigam no Twitter

Há cerca de três dias, a Cardano recebeu a atualização Vasil e, ao contrário do The Merge do Ethereum, recebeu pouca atenção da comunidade. De qualquer forma, as melhorias de eficiência foram bem recebidas pelos apoiadores do projeto.

Através de suas redes sociais, Charles Hoskinson afirmou que a tecnologia por trás da Cardano foi completamente ignorada pelos desenvolvedores do Ethereum. No texto, o fundador da Cardano também comenta que sua criptomoeda é tratada como uma farsa por muitos.

Indo além, destaca que muitas vezes foi chamado de mentiroso e sociopata, mas nada disso impedirá a Cardano de ser adotada por bilhões de pessoas devido a casos de uso necessários na vida real.

Hoskinson foi co-fundador do Ethereum junto a Vitalik Buterin, mas foi removido pela fundação no ano seguinte devido a divergências de pensamentos. Mais tarde, criou a Cardano (ADA), hoje 8ª maior criptomoeda do mercado.

Charles Hoskinson, o injustiçado

No texto publicado nesta segunda-feira (26), Charles Hoskinson afirma que os desenvolvedores do Ethereum ignoraram o Ouroboros — sistema de consenso da Cardano — por completo nos últimos cinco anos.

Seguindo, comenta que é um crime que tais pessoas mencionem a Cardano. Indo além, afirma que tanto ele quanto seu projeto sofrem perseguição da comunidade e da mídia.

“Existe esse mundo paralelo bizarro onde tudo o que a Cardano fez é uma farsa inútil que não poderia ser inovadora”, desabafa Charles Hoskinson, fundador da Cardano. “Mas somos um culto a um fundador malvado, sociopata, mas incompetente e mentiroso patológico que de alguma forma tropeçou no sucesso roubado, mas que estará na cadeia a qualquer momento quando o mundo acordar.”

“Seria ofensivo se não fosse tão louco.”

O motivo de sua irritação pode ser o The Merge do Ethereum. Afinal, todo setor parou para acompanhar a sua migração para Proof-of-Stake. No entanto, a Cardano já trabalha com esse modelo a anos.

Como origem desta briga, Hoskinson confrontou Vitalik Buterin no último sábado (24). Enquanto Buterin comentava que o PoS deveria ter sido implementado há 4 anos, o fundador da cardano opinou sobre como o Ethereum deveria ter agido em relação a sua última atualização.

“Vocês deveriam ter implementado [o protocolo] Snow White com a ajuda de Elaine. Teria poupado muita dor e esforço.”

Cardano terá bilhões de usuários, afirma Hoskinson

Seguindo seu fio, Hoskinson comenta que tal julgamento a seu projeto atrapalha a adoção e colaboração da indústria. O que é irônico, afinal o fundador da Cardano já chamou o Bitcoin de “cego, surdo e estúpido”, bem como chamou o Ethereum de “prisão” na semana passada.

De qualquer forma, acredita que sua criptomoeda possa atrair bilhões de pessoas.

“A adoção em massa ainda não aconteceu e podemos crescer para bilhões de usuários sem roubar um único do Bitcoin ou do Ethereum. Só precisamos ser bons em resolver problemas da vida real, e esse tem sido o foco de nossa comunidade.”

Há cerca de três dias, a Cardano recebeu a atualização Vasil e, ao contrário do The Merge do Ethereum, recebeu pouca atenção da comunidade. De qualquer forma, as melhorias de eficiência foram bem recebidas pelos apoiadores do projeto.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias