CEO da Axie Infinity moveu US$ 3 milhões em AXS antes de anunciar hack da Ronin

Nesta semana, a CVM americana prendeu três suspeitos de insider trading ligados a listagem de tokens na Coinbase, sendo o primeiro caso da indústria. Portanto, o uso de informações privilegiadas pelo CEO da Axie Infinity pode ser mais um caso bizarro no mercado de criptomoedas.

Celular com o jogo Axie Infinity.
Celular com o jogo Axie Infinity.

Em março deste ano, a Ronin, blockchain ligada à Axie Infinity, sofria um dos maiores hacks da história. No total, US$ 3 bilhões em criptomoedas foram saqueados pelos criminosos.

Como resposta, a equipe de desenvolvimento pausou toda atividade da Ronin. Entretanto, um pequeno youtuber encontrou uma transação suspeita entre o momento em que o hack foi descoberto e o anúncio realizado pela empresa.

Cerca de US$ 3 milhões de dólares (R$ 15,5 mi) foram movimentados nesta janela de tempo e, segundo análises onchain, tal carteira pertence a Trung Nguyen, co-fundador e CEO da Axie Infinity. A notícia também foi publicada pela Bloomberg nesta quinta-feira (28).

Mais um caso de insider trading

Nesta semana, a CVM americana prendeu três suspeitos de insider trading ligados a listagem de tokens na Coinbase, sendo o primeiro caso da indústria. Portanto, o uso de informações privilegiadas pelo CEO da Axie Infinity pode ser mais um caso bizarro no mercado de criptomoedas.

Segundo o canal Asobs, o hack da Ronin teria sido descoberto no dia 28 de março, às 17h, e a pausa da rede foi realizada no dia seguinte (29), às 15h.

Entretanto, uma transação suspeita chamou a atenção do youtuber. Poucas horas antes de a rede ser desligada, um endereço moveu US$ 3 milhões em AXS, token da Axie Infinity.

“Essa é a carteira que acredito que pertença ao CEO da Axie Infinity.”

Asobs, youtuber que identificou movimentação suspeita de AXS antes da rede Ronin ser desligada.

Conduzindo uma análise onchain, Asobs aponta que os fundos foram parar em uma carteira da Binance. A partir dali, é impossível dizer se os 48.838 foram vendidos de imediato ou não.

De qualquer forma, fica claro que Trung Nguyen, CEO da Axie Infinity, usou informações privilegiadas para tomar a decisão de mover as suas moedas.

Por fim, o youtuber também analisou outras carteiras pertencentes aos funcionários da empresa, encontrando diversas transações suspeitas na mesma janela de tempo, com movimentações totalizando US$ 800.000 (R$ 4,1 mi).

Axie Infinity responde às acusações

Em conversa com a Bloomberg, a Sky Mavis, empresa-mãe do Axie Infinity, confirmou as suspeitas e afirmou que tais tokens AXS foram realmente movidos pela diretoria do projeto.

“Na época, nós [Sky Mavis] entendemos que nossas opções seriam melhores se tivéssemos mais AXS na Binance. Isso nos daria flexibilidade para buscar diferentes opções para garantir os empréstimos/capital necessários,” afirmou Kalie Moore, porta-voz da Sky Mavis. “A equipe fundadora optou por transferi-lo desta carteira para garantir que os vendedores a descoberto, que rastreiam as carteiras oficiais do Axie, não pudessem liderar as notícias.”

Apesar da revelação bombástica, os tokens do ecossistema do Axie Infinity estão operando em alta nesta sexta-feira, apresentando leve valorização enquanto acompanharam os ganhos do Bitcoin. Contudo, AXS e RON estão com uma queda de 89% em relação ao seu topo histórico, já para o SLP, este número chega a 98%.

O vídeo completo da investigação realizada por Asobs está disponível abaixo.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias