Cerca de 90 corretoras de criptomoedas fecharam em 2021

Embora algumas delas não lesaram nenhum cliente, é importante notar que algumas delas já levaram economias pessoas as ruínas. Por conta disso, é importante escolher uma boa exchange e não usá-la como carteira.

Siga no

Segundo o “cemitério de exchanges” do site Cryptowisser, cerca de 90 corretoras de criptomoedas encerraram as suas atividades neste ano de 2021. Os motivos são variados, algumas apenas desapareceram, outras não tinham motivações econômicas para continuar suas atividades e, é claro, algumas eram golpes.

Um grande número de corretoras brasileiras aparece nesta lista, embora algumas tenham encerrado suas atividades de forma legal e sem lesar clientes, outras ainda enfrentam processos na justiça, com clientes tentando reaver o seu dinheiro.

A escolha de uma boa corretora é essencial para que a sua experiência de compra e venda de criptomoedas seja tranquila. Uma lista completa de hacks de exchanges, feita pelo Livecoins, mostra que elas são alvos frequentes de ataques.

Algumas são brasileiras

Dentre as exchanges listadas como mortas, é possível encontrar algumas brasileiras.

A NegocieCoins está marcada como golpe, com a última atualização em março do ano passado anunciando que a exchange estava enfrentando acusações de golpes há alguns meses. Seu CEO encontra-se preso e teve pedido de liberdade negado pelo STJ neste ano.

Outra exchange com vários processos e que encerrou suas atividades foi a 3XBit, todavia neste cemitério de exchanges não há muitas informações sobre o caso. Apenas desapareceram.

A Braziliex também aparece na lista, segundo atualização recente, a corretora encerrou as suas atividades. O possível motivo pode ter sido a forte concorrência, especialmente de corretoras internacionais que começaram a atuar no Brasil.

Outras cinco exchanges brasileiras também aparecem na lista, a Mercado Bitcoin, de forma errônea, está marcada como inacessível. As outras são a Nanu Exchange, Rippex, Ore.bz e OmniTrade, que encerraram suas atividades entre 2019 e 2020.

Números se mantém ao longo dos anos

Enquanto o número de exchanges que encerraram as suas atividades em 2019 era de 81, ele passou para 95 em 2020 e, até o momento, 91 corretoras já fecharam suas portas neste ano de 2021.

Embora algumas delas não lesaram nenhum cliente, é importante notar que algumas delas já levaram economias pessoas as ruínas. Por conta disso, é importante escolher uma boa exchange e não usá-la como carteira.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Há mais de 5 anos trabalhando com criptomoedas, hoje escrevo artigos e notícias para o Livecoins.

Jack Dorsey abandona Twitter e agora pode se dedicar ao Bitcoin

Jack Dorsey, criador do Twitter, abandonou o cargo de diretor executivo da empresa nesta segunda-feira (29). Seu cargo será ocupado por Parag Agrawal que...

Iate virtual é vendido por R$ 3,7 milhões no Metaverso

O setor do Metaverso parece estar ganhando cada vez mais tração nos últimos dias, após a venda de um terreno por R$ 14 milhões...
Pessoa com óculos de metaverso e encostando em bloco

Banco Inter destaca potencial do Metaverso com criptomoedas

O Banco Inter publicou um novo relatório no qual destaca o potencial do Metaverso com as criptomoedas. Este é apenas mais um relatório publicado...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias