Coinbase a serviço do FBI? Polêmica à vista

Teoria da conspiração ou fatos reais?

Siga no

A Coinbase é uma das maiores exchanges cripto do mundo e regulamentada pelos EUA, o que faz com que qualquer criptomoeda queira estar listada em sua plataforma para passar credibilidade e se mostrar como um projeto promissor.

Mas manter a credibilidade e regulamentação, ao mesmo tempo, não é uma tarefa fácil, principalmente para uma empresa que figura na lista Forbes 2019 das maiores fintechs dos EUA.

Analisando tudo isso, chegou ao conhecimento da comunidade cripto no último dia 19 que a Coinbase comprou a empresa Neutrino, uma operação ligada a segurança e blockchain.

Essa empresa fará com que a Coinbase tenha uma estrutura de segurança em blockchain muito maior, algo que chamou atenção da comunidade cripto.

De acordo com o anúncio da Coinbase em seu blog, “Ao analisar dados em blockchains públicos, a Neutrino nos ajudará a evitar o roubo de fundos das contas das pessoas, a investigar ataques de ransomware e a identificar os maus atores. Isso também nos ajudará a trazer mais criptomoedas e recursos para mais pessoas e, ao mesmo tempo, ajudar a garantir a conformidade com as leis e regulamentações locais”.

A Neutrino irá trabalhar em negócio autônomo dentro do escritório da Coinbase, baseado em Londres.

Nem tudo são flores

Um caso antigo conhecido pela comunidade cripto é o fato da Coinbase ter encerrado a conta de doação da Wikileaks em sua plataforma e, além disso, ter dedurado alguns usuários para o imposto de renda do governo dos EUA.

De acordo com a equipe do Radar BTC, a Coinbase estaria a serviço do FBI, podendo entregar a este órgão governamental os endereços de criptomoedas considerados “sujos”.

Como a empresa possui um cadastro rigoroso para traders, poderia entregar junto com os endereços os seus próprios usuários, no caso os suspeitos de cometer algum crime de acordo com a lei dos EUA.

Caso se confirme as informações de que a nova aquisição seja para tomar medidas contra usuários da Coinbase, algo que não seria estranho devido ao histórico de problemas passados, este ambiente pode passar a ser considerado hostil por quem utiliza criptomoedas.

Até lá, a comunidade cripto mundial acredita na boa vontade da empresa de estar construindo um ambiente mais seguro, um olho aberto, outro fechado.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Criminosos exigem Bitcoin para não derrubar sites de empresas com ataque DDoS

Existem pessoas maldosas em todos os lugares e infelizmente a internet está infestada de gente em busca de oportunidade para aplicar golpes e praticar...

Historiador que “prevê bolhas” diz que Bitcoin tem valor baseado na fé que alguém...

Jeremy Grantham é um dos mais conhecidos investidores do mundo, tendo uma opinião bem respeitada em relação ao mercado financeiro. Em uma entrevista recente...

Motivos que podem fazer SEC aprovar ETFs Bitcoin

Joe Biden pode nomear para assumir a Comissão de Valores Mobiliários, Gary Gensler, um ex-professor do MIT que dava aula de blockchain. A notícia...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Historiador que “prevê bolhas” diz que Bitcoin tem valor baseado na fé que alguém vai comprar mais caro

Jeremy Grantham é um dos mais conhecidos investidores do mundo, tendo uma opinião bem respeitada em relação ao mercado financeiro. Em uma entrevista recente...

Motivos que podem fazer SEC aprovar ETFs Bitcoin

Joe Biden pode nomear para assumir a Comissão de Valores Mobiliários, Gary Gensler, um ex-professor do MIT que dava aula de blockchain. A notícia...

Bitcoin cai, Microstrategy compra

Segundo um relatório publicado pela SEC, a MicroStrategy comprou mais US $ 10 milhões em Bitcoin. O documento revela que a empresa comprou 314...

Biden ‘congela’ proposta de regular carteiras de criptomoedas

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, “congelou” a proposta de regular as carteiras de criptomoedas que havia sido sugerida pelo ex-secretário do Tesouro dos...

Empresa pagará salários em Bitcoin nos Estados Unidos

Uma empresa dos Estados Unidos afirmou, em comunicado na quinta-feira (21), que pagará os salários dos funcionários em Bitcoin, dando opção também em Ethereum....