Coinbase anuncia que suspenderá negociações de XRP, moeda cai 20%

XRP era a terceira criptomoeda com maior capitalização de mercado no mundo, atrás apenas do Ethereum e do Bitcoin.

Siga no
Imagem Cortesia do Flickr

A maior corretora de criptomoedas dos Estados Unidos, Coinbase, anunciou na noite desta segunda-feira(28) que suspenderá negociações da criptomoeda da Ripple (XRP) no dia 19 de janeiro de 2021. A empresa disse que aguardará o processo que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) move contra a Ripple Labs.

A Ripple é acusada pela agência reguladora americana de ter vendido títulos não autorizados através da venda da criptomoeda XRP. Desde que a empresa foi processada pela SEC, a moeda desvalorizou mais de 50%, agora, com a remoção do ativo em várias corretoras, o ativo caiu mais.

“Dada a recente ação da SEC contra Ripple, todos os books de XRP foram limitados e a Coinbase planeja suspender totalmente a negociação de XRP na terça-feira, 19 de janeiro de 2021. Depois disso, os usuários continuarão a ter acesso aos fundos em XRP.”

Apesar da remoção, a corretora disse que continuará a dar suporte ao ativo oferecendo serviço de custódia. Mas as negociações, ou seja, compra e venda, serão bloqueadas.

“A suspensão da negociação não afetará o acesso dos clientes às carteiras XRP, que permanecerão disponíveis para a funcionalidade de depósito e retirada após a suspensão da negociação,[…] continuaremos a oferecer suporte a XRP em custódia na Coinbase”.

A situação da XRP que já não era muito boa ficou muito pior, o ativo desvalorizou mais de 20% após o anúncio da Coinbase. Com a decisão da maior corretora dos EUA, analistas do mercado acreditam que outras corretoras sigam o mesmo caminho.

Na semana passada algumas pequenas corretoras suspenderam negociações com XRP, mas então a Bitstamp, uma outra gigante do mercado resolveu também remover a moeda. o resultado foi uma queda de 15% em 24 horas.

XRP era a terceira criptomoeda com maior capitalização de mercado no mundo, atrás apenas do Ethereum e do Bitcoin. Agora, em meio a uma tempestade de problemas, o ativo digital segue em queda e já caiu para a quarta posição, isso, com a remoção em apenas duas exchanges grandes.

No Brasil a moeda digital é negociada nas maiores corretoras, mas até o momento nenhuma anunciou remoção do ativo.

A SEC afirma que os executivos da Ripple venderam ilegalmente bilhões de XRP para financiar seus negócios e seus bolsos, arrecadando pelo menos US $ 600 milhões para suas contas pessoais

O processo afirma que a Ripple pagou mais de US $ 150.000 para “três principais negociantes” de uma corretora não identificada em 2017 que gerou o maior volume para a moeda. Isso foi considerado uma manipulação para “impulsionar” o token e aumentar seu preço.

A Ripple, portanto, enfrenta agora um processo pesado e o futuro da moeda é incerto.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Apple é alvo de ransomware e hackers exigem US $ 50 milhões em Monero

Um dos grupos de hackers mais temidos do mundo, o REvil, conhecido por atacar grandes empresas com ransomwares, está exigindo da Apple cerca de...
Guggenheim

CIO da Guggenheim insiste que Bitcoin cairá para US $ 20 mil

Scott Minerd, o diretor de tecnologia da Guggenheim Partners, voltou a falar que o Bitcoin vai cair a níveis abaixo de US $ 20...
Banco dos EUA JPMorgan - Bitcoin BTC Criptomoedas

JPMorgan faz alerta sobre preço do Bitcoin

Depois de prever que o preço do Bitcoin poderia chegar a US $ 146 mil ainda este ano, o analista do JP Morgan, Nikolaos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias