CoinMarketCap exclui preço da Bitfinex do índice global de preço do Bitcoin

Siga no

Após notícias negativas sobre a Tether e da popular corretora de criptomoedas Bitfinex, que viu o preço do bitcoin subir para mais de US $ 6.000 na semana passada,  O CoinMarketCap decidiu excluir de seu índice o valor do bitcoin da corretora.

O índice mais popular do mercado de criptomoedas excluiu o preço da Bitfinex da média global do Bitcoin. Isto aconteceu depois das notícias em torno da Tether de não estar respaldada em 1 por 1 dólar. 

A Bitfinex, que controla a Tether, viu uma enorme alta no preço do Bitcoin, com a moeda digital sendo negociada por mais de US $ 300 em relação ao restante do mercado. O valor da Bitfinex alterou a média geral do Bitcoin para cima. 

O CoinMarketCap decidiu, então, excluir o preço da Bitfinex do preço médio global. No entanto, ainda há várias corretoras incluídas que apresentam preços superiores ao da Bitfinex.

Agora, no site CoinMarketCap, existe um asterisco ao lado da Bitfinex que indica que o “preço não está incluído” na cotação do Bitcoin. A metodologia para precificação de moedas afirma que a política da índice é usar uma média de preço ponderada por volume para cada moeda que eles têm em seu site. 

Alguns preços, denotados com um asterisco, não estão incluídos no preço porque não são indicativos de mercado; Isso inclui trocas no Brasil, na Asia, na Índia e agora na Bitfinex (EUA).

Quando uma corretora suspende depósitos e saques, não significa apenas um sinal de má administração, mas também indica que os preços não estão sendo negociados com liquidez. 

Para impedir a distorção de dados para a média ponderada, o CMC tende a ignorar esse volume, desde que a corretora não esteja funcionando no mesmo nível de seus pares. Quando há uma alta significativo que representa algo muito errado, o algoritmo do CMC exclui automaticamente esses dados e os relaciona com três asteriscos. No entanto, o volume dessas corretoras não é excluído – apenas seu impacto no preço.

O CoinMarketCap está sob pressão para excluir volumes de corretoras que podem ser falsos. Em uma continuação da repressão sobre o impacto dessas corretoras sobre os preços, o CMC já excluiu preços de corretoras famosas, como a HitBTC e a OkEx, para evitar que seus prêmios afetassem seus dados.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org
Youtuber Felipe Neto

Criptomoeda com “potencial imenso” que Felipe Neto investiu derrete 53%

Uma criptomoeda que o youtuber Felipe Neto investiu derreteu 53% e chamou a atenção de um analista da bolsa de valores brasileira. O projeto em...
Alibaba Bitcoin

Alibaba proíbe venda de equipamentos de mineração de bitcoin

A proibição do Bitcoin na China começa a afetar outros setores da indústria. Desta vez a gigante Alibaba, 9ª maior empresa do mundo por...
Fachada de agência do Banco do Brasil

Tokecardume ou Bitemoeda? – Vejas as questões sobre criptomoedas do concurso do Banco do...

No último domingo (26), o concurso do Banco do Brasil foi aplicado em diversas cidades do Brasil, com várias questões sendo vistas sobre Bitcoin...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias