Comerciante é preso por lavagem de dinheiro após instalar caixa eletrônico de Bitcoin

Comerciante se defendeu, dizendo que achou que a policial disfarçada era uma prostituta e que ela estaria mais segura se fosse atendida fora do horário de funcionamento da loja.

Siga no
Hudson Yards, NYC

Os caixas eletrônicos de Bitcoin, também chamados de ATM são uma ferramenta importante para a adoção da criptomoeda pelo público geral. No entanto, para um comerciante da Holanda, a história não acabou bem, já que ele foi preso por ser cúmplice de lavagem de dinheiro após ter instalado e ajudado clientes a utilizar o caixa eletrônico de criptomoedas.

De acordo com informações do site de notícias locais RTVNoord, o homem de 31 anos, que tinha um comércio na cidade de Groningen, foi condenado a 80 horas de serviço comunitário. A promotoria também exigiu uma pena de 6 meses de prisão.

O promotor acusou o comerciante de não saber se a máquina foi usada para lavar dinheiro sujo e não ter feto os procedimentos necessários para esse tipo de atividade. Sendo assim, o comerciante configurou como cúmplice na lavagem de dinheiro através do caixa eletrônico.

Na Holanda não é crime fazer negociações em Bitcoin ou usar essas máquinas de caixa eletrônico. No entanto, segundo a acusação, o caixa eletrônico utilizado pelo comerciante apresentava sinais de adulteração, sem contar que ele não realiza os procedimentos de KYC e identificação necessários.

Comerciante instalou o ATM de Bitcoin após visita de outra pessoa

Segundo o acusado, ele recebeu a proposta de colocar um caixa eletrônico de um outro cliente, que estava visitando a cidade. Achando que o equipamento seria similar ao de um banco, ele optou pela instalação. No entanto, de acordo com as investigações, o ATM tinha sistemas de segurança diferentes do resto do mercado.

Primeiro, a máquina não tinha identificação por digital ou por documento, como outras encontradas na Holanda. Além disso, cada transação gerava uma taxa de 5% para a administração do ATM, ao contrário do 0,5% praticado no mercado.

Isso indica que a máquina foi deliberadamente alterada para poder ocultar a identidade de quem realizava as transações.

Policial disfarçada realizou autuação

O comerciante foi autuado por uma policial disfarçada que se passou por uma cliente para testar o quanto a loja era leniente com tentativas de burlar os sistemas de segurança local. A policial tentou fazer uma transação usando 1.200 euros. Na Holanda, transações acima de 1 mil euros precisam de identificação de identidade.

No entanto, ao invés de pedir a identificação, o comerciante ajudou a policial a dividir a transação em duas, evitando assim a necessidade de confirmação de identidade. Outras transações foram realizadas, até mesmo fora do horário de atendimento do comércio.

No entanto, o comerciante se defendeu, dizendo que achou que a policial disfarçada era uma prostituta e que ela estaria mais segura se fosse atendida fora do horário de funcionamento da loja.

“Achei que fosse uma prostituta e pensei que seria mais seguro para ela se não houvesse mais pessoas na loja durante as transações.”

Mas a defesa não convenceu o juiz, que condenou o homem à sentença de serviços comunitários.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Gráfico de preços da Solana em queda alerta

Um Lambo por hora: bug corrigido na Solana deixava exposto US$ 2,6 bilhões

Pelo menos US$ 2,6 bilhões de dólares estavam expostos e poderiam ter sido perdidos no ecossistema da Solana se um bug recentemente corrigido não...

Corretora de Bitcoin é hackeada, perde quase R$1 bilhão e bloqueia saques

A corretora de criptomoedas BitMart foi hackeada na noite de sábado (4) e perdeu pelo menos US $ 150 milhões em criptomoedas, cerca de...
Elon Musk falando ao vivo com microfone

Elon Musk não gosta da Web 3.0

Elon Musk, o homem mais rico do mundo, deu a entender que não gosta da chamada Web 3.0. Presente no mercado há algum tempo,...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias