Concessionária de carros de luxo vira playground de investidores em bitcoin

Bitcoin teve valorização acima de 300% em 2020, chegando a ser negociado acima de US$ 29 mil.

Siga no

Uma concessionária de carros de luxo em Las Vegas reportou um crescimento nas vendas com pagamento em Bitcoin. De acordo com o Wall Street Jornal, a Vegas Auto Gallery se tornou um playground para os investidores ricos em Bitcoin.

A concessionaria vende Ferraris, Lamborghines e outros carros de luxo das marcas  Aston Martin e Bentleу. Só nos últimos dias ela vendeu dois esportivos para clientes que pagaram mais de US$ 6 milhões em Bitcoin.

O proprietário da concessionária revelou que as vendas com Bitcoin representam de 3% a 5% da receita da empresa.

O pagamento pode ser feito por meio da plataforma BitPaу, que converte a moeda digital em dólares no momento do pagamento. A plataforma recebe uma comissão pelas vendas.

Apesar das constantes críticas ao Bitcoin como forma de pagamento, a BitPaу atende centenas de milhares de comerciantes em todo o mundo, oferecendo aos detentores de bitcoins muitas maneiras de gastar a moeda digital.

De acordo com o WSJ, a concessionária não assume nenhum risco ao aceitar Bitcoin como pagamento. O dono da concessionária afirmou que recebe o pagamento pelos carros de luxo em até 24 horas após o cliente enviar as moedas para a BitPay.

“É uma transação muito fácil”, disse.

O comprador também pode aumentar a prioridade da transação para que seja confirmada na rede o mais rápido possível, basta definir a taxa, pagando mais ou menos, de acordo com a pressa.

Diversos entusiastas do mercado gostam de manter a moeda esperando mais e mais valorização, mas quem está gastando a criptomoeda pode ser facilmente compreendido já que este ano o Bitcoin teve valorização acima de 300%, chegando a ser negociado acima de US$ 29 mil.

As pessoas que compraram a moeda digital recentemente podem não querer gastar o ativo, afinal, por que gastar algo que pode, potencialmente valorizar no futuro?

Os compradores atuais, portanto, são pessoas que investiram em Bitcoin há mais tempo e agora estão curtindo os lucros.

A lógica deles é simples, “se eu comprei bitcoin por US $ 1.000 e hoje está US $ 29.000, posso pensar que essa é uma maneira legal de diversificar”. A adoção da moeda como forma de pagamento também deve partir das pessoas que possuem a criptomoeda.

Ainda não existem muitas grandes empresas que aceitam o ativo digital, mas isso está prestes a mudar no ano que vem, já que o Paypal vai permitir que seus mais de 300 milhões de comerciantes ao redor do mundo possam aceitar a moeda.

A moeda digital ainda tem desafios para resolver quando se trata de transações menores, como a compra de um café em um restaurante, mas startups como a Bitpay estão encontrando formas de resolver isso através de aplicação.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Polícia descobre mineração ilegal de Bitcoin dentro do próprio quartel

A polícia de diversos países continua de olho nas atividades ilegais de mineração que utilizam energia roubada para obter lucros com criptomoedas. Um caso...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Ethereum será atualizado no dia 4 de agosto e se tornará deflácionário

Nos últimos dias os participantes de grupos de criptomoedas têm perguntado se a atualização de uma certa criptomoeda fará a alta do Bitcoin ser...
Mão segurando Bitcoin e bandeira da Malásia

“Clientes da Binance devem sacar fundos imediatamente”, diz CVM da Malásia

A CVM da Malásia afirma que os investidores de criptomoedas devem sacar seus fundos imediatamente da Binance, que receberá medidas coercitivas em breve. A nova...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias