Concessionária de carros de luxo vira playground de investidores em bitcoin

Bitcoin teve valorização acima de 300% em 2020, chegando a ser negociado acima de US$ 29 mil.

Siga no

Uma concessionária de carros de luxo em Las Vegas reportou um crescimento nas vendas com pagamento em Bitcoin. De acordo com o Wall Street Jornal, a Vegas Auto Gallery se tornou um playground para os investidores ricos em Bitcoin.

A concessionaria vende Ferraris, Lamborghines e outros carros de luxo das marcas  Aston Martin e Bentleу. Só nos últimos dias ela vendeu dois esportivos para clientes que pagaram mais de US$ 6 milhões em Bitcoin.

O proprietário da concessionária revelou que as vendas com Bitcoin representam de 3% a 5% da receita da empresa.

O pagamento pode ser feito por meio da plataforma BitPaу, que converte a moeda digital em dólares no momento do pagamento. A plataforma recebe uma comissão pelas vendas.

Apesar das constantes críticas ao Bitcoin como forma de pagamento, a BitPaу atende centenas de milhares de comerciantes em todo o mundo, oferecendo aos detentores de bitcoins muitas maneiras de gastar a moeda digital.

De acordo com o WSJ, a concessionária não assume nenhum risco ao aceitar Bitcoin como pagamento. O dono da concessionária afirmou que recebe o pagamento pelos carros de luxo em até 24 horas após o cliente enviar as moedas para a BitPay.

“É uma transação muito fácil”, disse.

O comprador também pode aumentar a prioridade da transação para que seja confirmada na rede o mais rápido possível, basta definir a taxa, pagando mais ou menos, de acordo com a pressa.

Diversos entusiastas do mercado gostam de manter a moeda esperando mais e mais valorização, mas quem está gastando a criptomoeda pode ser facilmente compreendido já que este ano o Bitcoin teve valorização acima de 300%, chegando a ser negociado acima de US$ 29 mil.

As pessoas que compraram a moeda digital recentemente podem não querer gastar o ativo, afinal, por que gastar algo que pode, potencialmente valorizar no futuro?

Os compradores atuais, portanto, são pessoas que investiram em Bitcoin há mais tempo e agora estão curtindo os lucros.

A lógica deles é simples, “se eu comprei bitcoin por US $ 1.000 e hoje está US $ 29.000, posso pensar que essa é uma maneira legal de diversificar”. A adoção da moeda como forma de pagamento também deve partir das pessoas que possuem a criptomoeda.

Ainda não existem muitas grandes empresas que aceitam o ativo digital, mas isso está prestes a mudar no ano que vem, já que o Paypal vai permitir que seus mais de 300 milhões de comerciantes ao redor do mundo possam aceitar a moeda.

A moeda digital ainda tem desafios para resolver quando se trata de transações menores, como a compra de um café em um restaurante, mas startups como a Bitpay estão encontrando formas de resolver isso através de aplicação.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Meme dogecoin que circula nas redes.

Mercado cripto sofre uma das maiores quedas já vistas, Dogecoin sobe

As últimas 24 horas foram um pesadelo para alguns investidores em criptomoedas. A primeira moeda a sentir a queda foi o Bitcoin, que perdeu mais...
Mina carvao

Taxa de hash do Bitcoin cai após acidente em mina de carvão na China

O hashrate do Bitcoin caiu cerca de 40% nas últimas 24 horas, de mais de 180 petahashes por segundo para cerca de 105 Ph/s....

Bitcoin desaba com desligamento de mineradoras chinesas e preocupações regulatórias

O Bitcoin despencou mais de 15% neste domingo (18), para cerca de US $ 51 mil, depois de ter alcançado um marco de US...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias