Congresista americano acusa presidente da SEC de envolvimento com a FTX

Sam Bankman-Fried (SBF) já estava irritando a comunidade de criptomoedas antes mesmo do colapso de sua corretora. Há 3 semanas, o então bilionário publicou um texto sobre regulamentação, mas poucos concordaram com sua visão sobre o mercado.

Re-eleito nesta semana, o congressista americano Tom Emmer acusou o presidente da SEC de estar envolvido com a corretora FTX. As acusações são que Gary Gensler estaria trabalhando com brechas legais para que a FTX assumisse monopólio no setor.

A história teve início após Gensler ir ao programa Squawk Box da CNBC para falar sobre a atual situação das criptomoedas. Afinal, muitos apontam que a quebra da FTX está ligada à falta de regulamentação do setor.

Dado isso, muitos esperam que reguladores ataquem corretoras offshore. A Binance, maior corretora do mundo, já expressou suas preocupações sobre o assunto.

Nesta quarta-feira (9), Changpeng Zhaou afirmou que a Binance virará alvo devido a seu tamanho, mas que já está tomando posições para aumentar a transparência de suas operações. Ou seja, estão tentando provar que não precisam de governos para funcionar corretamente.

Presidente da SEC fala sobre criptomoedas

Enquanto fontes apontaram que a SEC já estava investigando a FTX meses antes de seu colapso, Gary Gensler foi ao programa Squawk Box para falar sobre o tema e a atual queda das criptomoedas.

“Andrew, como você pode imaginar, e seus espectadores sabem, eu não posso falar sobre nenhuma possível investigação. Mas vamos voltar e falar sobre o que está acontecendo aqui.”

“Quando você mistura um monte de dinheiro de clientes e toma empréstimos contra isso, os investidores se machucam”, continuou Gary Gensler da SEC. “Este é um mundo muito interconectado nas criptomoedas, concentrado em poucos players. Quando os mercados os atacaram, parece que muitos clientes perderam dinheiro.”

Como esperando, Gensler também afirmou que os “investidores precisam de uma melhor proteção neste espaço”. Ou seja, esta é mais uma prova que reguladores usarão a FTX como um exemplo para pressionar outras corretoras e serviços.

Seguindo, Andrew Sorkin da Squawk Box faz uma pergunta pesada para Gensler. Afirmando que Sam Bankman-Fried encontrou-se com ele no início deste ano, questionou se o presidente da SEC sentiu-se enganado.

“Acho que fomos claros nessas reuniões e você pode olhar para o meu calendário, [temos] muitas reuniões com pessoas dessa indústria. Fica muito claro nessas reuniões […] de que a não conformidade não vai funcionar e o público vai se machucar”, respondeu Gensler.

Congressita acusa Gensler de estar ajudando FTX

Embora rumores apontem que a SEC estaria investigando a FTX há alguns meses, outros apontam que seu presidente estaria, na verdade, ajudando a corretora a obter monopólio no mercado de criptomoedas.

As acusações foram feitas pelo congressista Tom Emmer, reeleito nas eleições realizadas nesta semana nos EUA.

“Interessante. Gary Gensler corre para a mídia enquanto relatórios [enviados] para meu escritório alegam que ele estava ajudando SBF e a FTX a trabalhar em brechas legais para obter um monopólio regulatório. Estamos investigando isso.”

Sam Bankman-Fried (SBF) já estava irritando a comunidade de criptomoedas antes mesmo do colapso de sua corretora. Há 3 semanas, o então bilionário publicou um texto sobre regulamentação, mas poucos concordaram com sua visão sobre o mercado.

Portanto, as acusações acima podem ter ligação com este fato que também fez um youtuber surtar ao vivo enquanto afirmava que SBF estava tentando destruir a indústria.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias