Foragido, criador da Luna diz que mandado de prisão é injusto e ‘politizado’

Enquanto autoridades tentam encontrar o criador da Luna, a Terraform Labs acredita que o caso é injusto.

A empresa por trás da criptomoeda Terra (LUNA), cujo CEO é o sul-coreano Do Kwon, acredita que os promotores sul-coreanos exageraram sua autoridade com o mandado de prisão contra Kwon.

“Acreditamos que este caso se tornou altamente politizado e que as ações dos promotores coreanos demonstram injustiça e falha em defender os direitos básicos garantidos pela lei coreana”. – Disse a Terraform Labs ao Wall Street Journal.

A empresa disse também que a pressão pública pode ter forçado os promotores a expandir sua definição de valores mobiliários. Segundo a empresa, a criptomoeda Luna não é um título.

“Acreditamos, como a maioria na indústria, que o Luna Classic não é, e nunca foi, um título, apesar de quaisquer mudanças na interpretação que as autoridades financeiras coreanas possam ter adotado recentemente.”

Foragido

Conforme relatado anteriormente pelo Livecoins, um tribunal sul-coreano emitiu um mandado de prisão contra Kwon no início de setembro, alegando que ele e seus parceiros violaram as regras do mercado de capitais.

Pouco tempo depois, Do Kwon disse que não estava fugindo, mas afirmou que não tinha motivos para divulgar sua localização, pois a informação era reservada para certas pessoas.

Um porta-voz da Terraform Labs se recusou a divulgar a localização de Kwon, alegando “riscos de segurança física contínuos para ele e sua família” e tentativas de invadir as residências do cofundador na Coréia do Sul e Cingapura como razões para ocultar seu paradeiro.

Enquanto Do Kwon continua afirmando que não está fugindo – com ele twittando recentemente que está “fazendo nenhum esforço para se esconder” – sua localização permanece um mistério.

Os promotores coreanos pensaram originalmente que ele estava em Cingapura, mas as autoridades locais confirmaram que ele não estava mais na cidade. No início desta semana, até a Interpol se envolveu, com a organização policial internacional emitindo um “Aviso Vermelho” mundial para Do Kwon, o qual ele zombou.

Notavelmente, um Aviso Vermelho da Interpol é a solicitação mais poderosa que a Interpol pode emitir. Os agentes da lei podem usá-lo em quase qualquer país para localizar e prender provisoriamente o indivíduo em questão.

Colapso da Terra (Luna)

O colapso dos preços da Terra USD e Luna no início deste ano varreu quase US$ 40 bilhões do mercado de criptomoedas, resultando na falência de várias empresas, como a Three Arrows Capital, um fundo de hedge de criptomoedas.

Relatórios recentes sugeriram que Kwon está movendo mais de 3.000 Bitcoins das reservas da Terra. No entanto, a Luna Foundation Guard negou as informações.

Como tal, promotores sul-coreanos pediram a duas exchanges de criptomoedas, OKX e KuCoin, para congelar de 3.312 bitcoins da empresa, avaliados em cerca de US$ 67 milhões. Eles alegam que Kwon foi responsável pela transferência.

Mais tarde, o próprio Do Kwon resolveu falar sobre o assunto: “O que provavelmente foi o mais surpreendente em tudo isso é a quantidade de desinformação que se espalha. Não houve saques, não usei KuCoin ou Okex pelo menos no ano passado e nenhum fundo foi congelado.”

Enquanto isso, o cofundador da Terra, Daniel Shin, testemunhará perante a assembleia nacional da Coreia do Sul, de acordo com relatos da mídia local.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias