Criptomoeda do Facebook vai destruir a Ripple (XRP)

Siga no

Max Keiser, apresentador do Keiser Report, declarou recentemente que a chegada da criptomoeda do Facebook, a GlobalCoin tornará a maioria das altcoins (criptomoedas alternativas) irrelevantes, incluindo a XRP. David Schwartz, diretor de tecnologia da Ripple, discordou.

Keiser argumenta que, como o objetivo principal da GlobalCoin é facilitar pagamentos peer-to-peer e microtransações, criptomoedas como a XRP e Litecoin, cujos principais objetivos são transações rápidas e baratas, se tornariam irrelevantes.

A resposta da Ripple resultou em um debate entre o CTO da empresa e Noryn Syra, um entusiasta da criptomoeda, que disse que a Ripple deveria admitir que é um sistema de permissões, uma declaração que Schwartz negou. 

Ao contrário do que acontecerá com as altcoins, Keiser acredita que a GlobalCoin dará uma vantagem para o Bitcoin. Isso acontecerá porque o Bitcoin “compete com o ouro, e não com moedas emitidas pelo governo (fiat)”.

O Facebook anunciou que sua criptomoeda será atrelada a várias moedas e não apenas ao dólar americano. Rumores indicam que o gigante das redes sociais está mirando os países em desenvolvimento, onde as moedas experimentam uma volatilidade selvagem, com a Venezuela. Mas gigante das mídias sociais pode estar de olho em algo a mais.

A maior parte da receita do Facebook vem da América do Norte. Por exemplo, no quarto trimestre de 2018, o Facebook teve 34,86% de suas receitas dos EUA e do Canadá. Em contraste, a região da Ásia-Pacífico trouxe 2,96% das receitas. Apenas um país da região Ásia-Pacífico, a Índia, tem mais usuários do que os EUA e o Canadá juntos.

O mundo em desenvolvimento oferece mais oportunidades de crescimento em pagamentos e remessas, uma vez que a infraestrutura financeira é relativamente subdesenvolvida.

Além do Facebook, espera-se que a criptomoeda esteja disponível por meio de outras redes da empresa. Isso inclui o WhatsApp o Messenger e o Instagram.

O Facebook deve lançar a GlobalCoin no próximo ano. A gigante da mídia social, no entanto, indicou que o whitepaper para a moeda digital seria lançado em 18 de junho.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Mapa da Venezuela - Livecoins

Vídeo: Supermercado na Venezuela aceita apenas ouro como pagamento

Um mercado na Venezuela chamou a atenção ao aceitar apenas ouro como meio de pagamento. A modalidade nada convencional de pagamento, atualmente é claro,...

Senado dos EUA quer arrecadar US$ 28 bilhões em impostos de criptomoedas

Com o crescimento constante do mercado de criptomoedas, há também o aumento do interesse do governo em conseguir taxar o setor e ter uma...
Bitcoin em alta. Imagem: ShutterStock

Bitcoin acima de US $ 41 mil é inevitável? Sinais mostram que sim!

Após Bitcoin executar com sucesso uma segunda armadilha na faixa de $30,000, os preços começaram a se recuperar sentido topo da acumulação. No meio...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias