Urgente: Facebook vai lançar sua criptomoeda no fim de junho

Data pode ter sido adiantada em mais de um ano!

Siga no

Já não é nem surpresa falar sobre a criptomoeda do Facebook, mas a novidade é em relação à data de lançamento. Isso porque, ao que parece, a empresa decidiu lançar já no fim de junho de 2019.

Certamente o projeto tem sido acompanhado de perto por grandes empresas e até por entusiastas de criptomoedas. Ao que parece, a criptomoeda do Facebook não se parece com o Bitcoin, mesmo assim, o cenário provavelmente não será o mesmo.

Facebook vai lançar criptomoeda no fim de junho de 2019

Para quem assistiu a série Mr Robot, do qual todo o sistema financeiro é destruído por um grupo hacker, já viu essa história antes. Isso porque, quando o mundo colapsa, uma criptomoeda privada é lançada pela empresa “E Corp”. Sem querer fazer referências com o lançamento da criptomoeda do Facebook, é claro, mas certamente isso não seria estranho de se imaginar.

Mediante isso, com vários analistas ditando o ritmo de uma crise financeira global, o Facebook adiantou seu projeto. A Global Coin, tem atraído especialistas do Instagram e, além disso, marcou o lançamento para junho de 2019.

Essas informações são do The Information, que fez um relatório sobre o tema, lançado em 05 de junho de 2019.

Outras empresas grandes vão participar deste projeto

De acordo com o The Information, outras grandes empresas vão participar da criação da Global Coin. Além disso, poderão participar da rede como “nodes”, mas para isso teriam que pagar U$ 10 milhões pelo “privilégio”.

Embora tudo indique que este fato tenha sido por pressão regulatório sobre a empresa, nem tudo fica totalmente claro. Isso porque, a primeira vista, com a entrada de investidores externos, o projeto passa mais credibilidade e mostra mais força. Cabe o destaque, que os nodes do Bitcoin são responsáveis pela segurança da rede, mas na criptomoeda do Facebook não se sabe quais seriam suas funções.

Além disso, espera-se que essa seja uma criptomoeda sem taxas de transação, diferente do Bitcoin (BTC). Entretanto, outra diferença é que o Facebook detém o controle desta e se aproxima de bancos, sendo o Bitcoin peça que visa substituir este sistema.

Criptomoeda poderá ser utilizada para pagar funcionários que quiserem

Um ideal de quem está lidando com este projeto é que ele irá substituir o dinheiro. Além disso, pensar que moedas estatais serão mais voláteis após o lançamento da Global Coin, é uma crença das pessoas envolvidas.

O The Information relata ainda que os salários de funcionários poderão ser pagos em criptomoeda. Outro detalhe seria a criação de ATMs da Global Coin, que poderá ser utilizada ainda pelo Whatsapp e Facebook Messenger.

Finalmente, a stablecoin do Facebook, que deveria chegar em 2020, parece ter mudado de planos. Ao que indica, em menos de 30 dias a partir da escrita deste, novidades devem vir por aí.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Gráfico de preços da Solana em queda alerta

Um Lambo por hora: bug corrigido na Solana deixava exposto US$ 2,6 bilhões

Pelo menos US$ 2,6 bilhões de dólares estavam expostos e poderiam ter sido perdidos no ecossistema da Solana se um bug recentemente corrigido não...

Corretora de Bitcoin é hackeada, perde quase R$1 bilhão e bloqueia saques

A corretora de criptomoedas BitMart foi hackeada na noite de sábado (4) e perdeu pelo menos US $ 150 milhões em criptomoedas, cerca de...
Elon Musk falando ao vivo com microfone

Elon Musk não gosta da Web 3.0

Elon Musk, o homem mais rico do mundo, deu a entender que não gosta da chamada Web 3.0. Presente no mercado há algum tempo,...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias