Instagram está perdendo executivos para Criptomoeda do Facebook

Duas redes sociais que fazem parte da mesma empresa!

Siga no

De acordo com informações da CNBC, o Instagram está perdendo executivos para criptomoeda do Facebook. O movimento estaria sendo conduzido de maneira discreta, mas tem tido disputas internas na empresa.

Isso porque o setor de blockchain e criptomoedas do Facebook está sendo conduzido pelo David Marcus, ex-PayPal. Para os funcionários, o setor é o mais anti-Facebook dentro da empresa.

Instagram está perdendo executivos para criptomoeda do Facebook, segundo CNBC

Certamente não é mais novidade que o Facebook está acelerando o desenvolvimento da sua criptomoeda. Além disso, a mão de obra para essa empreitada está sendo contratada desde 2018, mostrando que o projeto tem caminhado.

Apesar das críticas dessa criptomoeda ser apenas um novo PayPal, a empresa corre contra o tempo para lançar o produto. Além disso, há planos internos de unificar o Facebook, Whatsapp e Instagram, que fariam da nova criptomoeda algo bem popular.

Entretanto, o que chamou atenção recentemente é a saída de executivos do Instagram para o projeto cripto. Kevin Weil, vice-presidente de produto, James Everingham, a cabeça de engenharia, e Hui Ding, diretor da infraestrutura de engenharia migraram, de acordo com a CNBC.

Criptomoeda do Facebook chegará em 2020

Com o passar dos dias, fica cada vez mais próximo o lançamento da moeda digital das maiores redes sociais do mundo. Isso porque, a empresa avisou que pretende lançar em 2020 sua criptomoeda.

Chamar alguns dos principais cabeças do Instagram para compor a equipe acende o sinal. Estaria o Global Coin, nome da nova criptomoeda, já passando por simulações? Ou seria apenas uma forma de refinar o produto? Estão passando por problemas e precisando de pessoas com experiência para resolver?

São muitas as dúvidas que a comunidade mundial tem sobre o novo projeto, que não será descentralizado. Isso porque, a empresa Facebook irá deter o controle dessa rede, fazendo as alterações de consenso conforme sua necessidade.

Certamente, moedas digitais emitidas por empresas não é uma inovação, vide que a população mundial utiliza as moedas fiduciárias.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Imagem: Freepick

Dinheiro com data de vencimento e dívidas excessivas. Bitcoin resolve isso!

Estudos estimam que a dívida global representa 355% do PIB mundial, ou seja, o boleto do cartão de crédito mundial é de aproximadamente 284...

Yuan Digital terá data de validade

Já está claro que muitos países ao redor do mundo visam criar e implementar uma moeda digital controlada pelo banco central. O Brasil já...
ETF ou Fundos de investimento

Qual a diferença entre o novo ETF de Bitcoin (HASH11) e Fundos de investimentos?

Com o lançamento do primeiro ETF de Bitcoin e criptomoedas do Brasil e segundo do mundo, o HASH11, muitos investidores se perguntam qual a...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias