Criptomoeda “promissora e fora do radar” desaparece com R$3 milhões dos investidores

O que diferencia este golpe de outros foi a sua elaboração, o CryptoEats chegou a fazer uniformes usando o logotipo da falsa empresa para usá-los em vídeos promocionais. Além de contar com a ajuda de vários influenciadores digitais para sua promoção.

Golpes envolvendo arrecadação de dinheiro e então um abandono do projeto são bem comuns, mas a CryptoEats foi além. A falsa empresa usou influenciadores para promover o projeto, bem como chegou a fazer roupas com seu logo estampado. Tudo isso para sumir com cerca de 3 milhões de reais de quem acreditou no projeto.

O esquema foi detalhado pela Vice, que juntou evidencias de como o golpe foi mais elaborado do que outros ao usar canais de divulgação de comunicados de imprensa e outros meios para atingir o público.

Vale lembrar que estes influenciadores não perderam nada, muito pelo contrário. Eles ganham dinheiro promovendo o golpe e depois postaram uma nota dizendo que não sabiam de nada. Por isso, faça sempre uma pesquisa por conta própria antes de fazer qualquer investimento.

Golpe comum porém elaborado

O financiamento de projetos é algo comum no setor de criptomoedas, principalmente após a explosão das ICOs em 2017. E embora alguns projetos como a Binance Coin (BNB) tenham dado muito certo tanto para a própria empresa quanto para investidores, outros aproveitam esta facilidade para apresentar projetos falsos e sumir com o dinheiro arrecadado.

O projeto CryptoEats tratava-se de um concorrente ao UberEats e ao iFood, prometendo que seus usuários poderiam pagar por refeições usando criptomoedas, além de oferecer um serviço mais rápido de entrega. Quanto aos trabalhadores, eles ganhariam um salário fixo e outros benefícios.

O que diferencia este golpe de outros foi a sua elaboração, o CryptoEats chegou a fazer uniformes usando o logotipo da falsa empresa para usá-los em vídeos promocionais. Além de contar com a ajuda de vários influenciadores digitais para sua promoção.

Comunicados de imprensa

Além disso, o golpe também utilizou o serviço Globe Newswire, utilizado por muitas empresas para publicar comunicados de imprensa. Esta nota chegou a ser compartilhada pelo Yahoo.

Neste comunicado, a falsa empresa alegava ter arrecadado 8 milhões de dólares em 2020, usando este valor para estimar um valor de mercado de 1 bilhão de dólares.

Arquivo do falso comunicado de imprensa da CryptoEats. Fonte: Scarcity Studios

A nota também cita que testes já haviam sido feitos em Londres, com cerca de 1.000 pessoas, citando falsas parcerias com franquias famosas como McDonalds e Nando’s. Também vale notar que o CEO da falsa empresa, Wade Phillips, provavelmente não existe.

O site Globe Newswire já havia sido utilizado no mês passado para a propagação de notícias falsas como a parceria do Walmart com a Litecoin (LTC). O mesmo aconteceu com o site Accesswire envolvendo uma fake news sobre a SEC e a Ripple (XRP).

Nada acontece com influenciadores

Embora influenciadores sejam pagos para promover tais golpes, nada acontece com eles. Um deles alegou que seu vídeo foi feito para promover o aplicativo Crypto Eats e não a sua criptomoeda.

Portanto, embora este golpe tenha sido mais elaborado que outros, é importante lembrar que pesquisas próprias devem ser feitas, não seguindo indicações de ninguém. Enquanto seu dinheiro some, estes influenciadores, que não fazem nenhuma pesquisa, ganham dinheiro com vídeos, tweets e matérias promocionais.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias