Cubanos recorrem ao bitcoin para driblar sanções dos EUA

Carro antigo em Havana, Cuba.
Carro antigo em Havana, Cuba.

Cuba, um país que parece ter parado no tempo devido a sanções dos EUA, está descobrindo que o Bitcoin pode ajudar a sua economia. Sendo mais específico, uma reportagem da NBC aponta que cerca de 100.000 pessoas já usam Bitcoin e criptomoedas.

“Não precisamos mais de você. Essa é a maneira de pensar com todos esses serviços [financeiros]. Bem, você não me oferece serviços, não importa. Usarei criptomoedas para expandir meus negócios.”, relata Erich Garcia, empreendedor cubano a NBC.

Uma das razões para este crescimento foi a expansão da internet móvel em Cuba nos últimos anos. Sendo assim, agora os cubanos possuem tudo o que precisam para usar o Bitcoin: um celular com acesso à internet.

A necessidade do Bitcoin para Cuba

Atualmente um dos principais assuntos mundiais é a guerra entre a Rússia e a Ucrânia. Como desfecho, muitos países estão lançando sanções à Rússia que, no que lhe concerne, está tentando entender se o Bitcoin pode ser um refúgio para salvar a sua economia.

Portanto, os embargos a Cuba, presentes desde a década de 60, poderiam ter sido menos impactantes ao país caso o Bitcoin já existisse naquela época. Afinal, a reportagem da NBC destaca que embora o país tenha dinheiro, o principal problema está relacionado aos provedores de pagamentos.

“Com o embargo mais apertado do que nunca, os bancos internacionais que lidam com a ilha tem sido multados. Então mesmo quando o cubano tem dinheiro para comprar comida, veículos e remédios, realizar pagamentos é a verdadeira dor de cabeça.”

Indo além, a reportagem cita que o Banco Central de Cuba emitiu novas regulamentações sobre as criptomoedas. Desta forma, ainda que os cubanos precisem de uma licença para lidar com criptomoedas, parece que Cuba está descobrindo que o Bitcoin pode ajudá-los.

Contudo, é esperado que os EUA tentem cobrir esta brecha, assim como estão fazendo com a Rússia. Contudo, muitos cubanos não só podem como já estão se beneficiando de um sistema monetário descentralizado e anti-censura.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias