DASH ganha do Bitcoin CASH e SV em transações diárias

Supera os dois principais forks!

Siga no

O market cap é um indicador do mercado interessante para ilustrar várias situações, mas ao mesmo tempo, curioso se pararmos para analisar a situação da DASH nos últimos tempos, principalmente considerando que a moeda está na 15ª posição desse indicador no dia 06 de fevereiro.

A DASH é uma moeda descentralizada, com consenso Proof of Work e masternodes, e que tem ganhado no volume de transações diários dos principais forks do Bitcoin (BTC), apesar de seguir desvalorizada no mercado em relação aos concorrentes.

Os dois principais hard forks, que são Bitcoin Cash e Bitcoin SV, ocupam as posições 6 e 11 do market cap no momento da escrita desta matéria. Apesar disso, os volumes de transações diárias nos últimos dois meses tem ficado abaixo da DASH em média, de acordo com informações do website Coin Metrics.

Um dos problemas dos forks (divisões) do Bitcoin (BTC) é justamente a falha em sua adoção pela comunidade de criptomoedas, principalmente pela falta de inovação significativa dos projetos. Ambos os forks são cotados para morrer ainda em 2019 de acordo com especialistas.

O Bitcoin SV (BSV) é o mais novo na praça das altcoins a entrar no mercado, surgindo em novembro de 2018, mês que marcou a queda mais brusca do ano com essa bifurcação. O projeto tem aos poucos se afastado das primeiras posições do market cap, já chegando a figurar na 11ª posição no momento da escrita deste.

Já o Bitcoin Cash (BCH), endossado por Roger Ver que é um dos early adopters do BTC, tem tido dificuldade de se manter capitalizado, e mais do que isso, utilizar a sua blockchain da maneira que foi pensado para funcionar.

A DASH, mesmo com as quedas nos preços e capitalização de mercado, se mantém firme em volume de transações e de certa forma estável na posição 15 desde janeiro de 2019 pelo menos, sendo uma criptomoeda cotada para funcionar como dinheiro digital descentralizado na nova criptoeconomia.

A DASH no dia 30 de janeiro teve mais de 12 mil transações, sendo cerca de 9 mil do BCH e 4 mil do BSV no mesmo dia. Fonte: Coinmetrics

Os projetos cripto ainda são novos, muitos vão morrer em 2019 e vários morreram antes disso, sendo que a adoção das criptomoedas pode ser talvez um dos indicadores mais importantes para se analisar de agora em diante.

Julgando assim, o Bitcoin continua sendo um dos projetos mais importantes para o mercado, visto que além de sua dominância possui um projeto consistente e seguro.

Fonte: Coinmetrics

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

“Nunca emprestamos dinheiro para a Singu”, diz BitcoinTrade em caso da Natura e Tallis...

A Natura é uma das empresas mais conceituadas do Brasil e um investimento considerado seguro por muita gente. Como qualquer outra ação, os títulos...

Coluna do TradingView: Bitcoin e a briga de compradores e vendedores

Bitcoin chegou no topo e já ensaiou um rompimento, mas falhou. O preço está brigado no topo e se romper pode ser um estouro....

Visa vai conectar sua rede de pagamentos a criptomoeda

A Visa, uma das maiores processadoras de pagamentos do mundo anunciou nesta quarta-feira (2) que vai integrar o seu sistema de pagamento com o...

Últimas notícias

Coluna do TradingView: Bitcoin e a briga de compradores e vendedores

Bitcoin chegou no topo e já ensaiou um rompimento, mas falhou. O preço está brigado no topo e se romper pode ser um estouro....

Visa vai conectar sua rede de pagamentos a criptomoeda

A Visa, uma das maiores processadoras de pagamentos do mundo anunciou nesta quarta-feira (2) que vai integrar o seu sistema de pagamento com o...

Visa lança cartão de crédito com cashback em bitcoin

Agora você pode receber 1.5% de cashback em bitcoin por compras efetuadas por meio de um novo cartão de crédito lançado pela Visa em...