DeFi – Finanças Descentralizadas já valem 500 milhões de dólares

Considerando apenas a rede Ethereum!

Siga no

As chamadas Finanças Descentralizadas (DeFi) já possuem um valor de cerca de U$ 500 milhões, segundo apurou a Binance Research. A empresa destaque no campo é a MakerDAO (MKR), que possui valor de U$ 290 milhões.

Para o mundo financeiro as criptomoedas ainda possuem pouca participação, principalmente em relação ao mercado de ações. Entretanto, o estudo mostra que as finanças descentralizadas estão caminhando, com potencial de crescimento.

O que são Finanças Descentralizadas (DeFi)?

A definição de finanças clássica envolve o estudo de micro e macroeconomia, ou também a ciência da gestão do dinheiro. Entretanto, um novo conceito de finanças tem surgido, sendo relacionada com a criptoeconomia.

Isso porque, na medida em que esta tem crescido, as ferramentas que a circulam também crescem. Certamente as Finanças Descentralizadas (DeFi) se colocam como uma opção a parte da tradicional. A principal rede a trabalhar com este mercado é certamente a Ethereum (ETH), que possui um cenário mais maduro.

O estudo da Binance Research pontuou três fatores de destaque das Finanças Descentralizadas:

  • Transparência e eficiência de preços, pois, estes estão sujeitos à demanda do mercado;
  • Facilidade de acesso e rapidez ao contrair empréstimos;
  • Resistência à censura e imutabilidade.

Segundo um estudo da Binance Research, apesar da crise da Ethereum, a adoção às finanças descentralizadas tem aumentado. Além disso, o valor em Dólar (USD) investido em projetos tem crescido, mesmo com a desvalorização do Ethereum.

Fonte: Binance Research

No período apurado de um ano, o estudo da Binance Research mostra que houve um grande crescimento do setor. O maior crescimento, entretanto, é notavelmente em 2019, período que sucedeu o “inverno cripto”.

10 maiores empresas com soluções DeFi

Além disso, o estudo da Binance Reserch apresentou quem são às dez maiores empresas do setor. A maior empresa é a MakerDao (MKR), empresa que ocupa o TOP 30 do market cap das criptomoedas. Isso porque, cerca de 65% do valor preso em Dólar por essas iniciativas estão em posse dessa empresa.

Dentre as organizações que possuem mais de U$ 10 milhões de valor estão: Compound, InstaDApp, Nuo Network, Synthetix e Uniswap. As demais empresas citadas não ultrapassam essa marca de valor. Cabe o destaque que o estudo considerou apenas a rede Ethereum.

Fonte: Binance Research

Finalmente, mesmo com o aumento da adoção à criptoeconomia, o cenário ainda não é perfeito. Isso porque os riscos ainda são grandes em iniciativas descentralizadas, segundo apurou a Binance Research. Além disso, a liquidez também tem sido um fator de desvantagem frente às finanças tradicionais. Entretanto, os pesquisadores afirmaram que na medida em que o mercado amadurecer, esses riscos serão menores.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Justiça manda bitcoin.org revelar quantos bitcoins brasileiro tem

A justiça do Estado de São Paulo expediu um ofício ao Bitcoin.org, considerado o site oficial do Bitcoin no mundo todo. O caso aconteceu...
BlackFriday-Bitcoin

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...
Imagem: Coin360

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Últimas notícias

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Adolescente tem o sonho de ser investidor de criptomoedas

Um adolescente que ainda cursa o ensino médio no Brasil tem o sonho de ser investidor de criptomoedas ou trabalhar em uma agência bancária. O...