Ethereum faz aniversário em meio à crise

Notícias boas ou ruins?

Siga no

No último dia 22 de julho a comunidade Ethereum (ETH) comemorou uma data importante para a rede. Entretanto, o aniversário aconteceu em meio à crise que a rede tem passado.

Um dos pontos fundamentais da rede Ethereum hoje está sendo a adoção de sua tecnologia. Além disso, a Ethereum tem tido uma desvalorização grande frente ao Bitcoin em 2019. Por fim, há riscos quanto a segurança da rede Ethereum em ataques 51%.

Ethereum faz cinco anos desde deu ICO (Oferta de Moedas Iniciais)

Certamente a rede Ethereum é uma das mais importantes do criptomercado ainda em 2019. Isso porque, além de ser a segunda maior criptomoeda em market cap, segue tendo grande participação no desenvolvimento da criptoeconomia.

Esta rede possui várias opções que a colocam de forma diferente do Bitcoin quanto tecnologia. O maior desejo dos fundadores da Ethereum, desde seu início, é certamente criar um computador mundial. Para isso, possibilita a criação de contratos inteligentes e aplicativos descentralizados (dApps). Além disso, é possível utilizar esta rede para transações financeiras pelo mundo com o token ETH.

A Consensys, entidade ligada a comunidade Ethereum, comemorou os cinco anos do ICO do Ethereum. Isso porque, com a ação, a Ethereum foi uma das primeiras redes a serem criada com financiamento coletivo pela comunidade. Este financiamento coletivo, conhecido como ICO, é também uma das forças da rede Ethereum.

Além disso, no estudo da Consensys a Ethereum é a segunda maior blockchain em uso por empresas. Ficando atrás apenas da Hyperledger, a Ethereum é uma das maiores do mundo.

Mesmo de aniversário, crise não se afastou da rede Ethereum

O aniversário pode ser uma data importante para lembrar a Ethereum sobre seu projeto, mas não afasta a crise instalada. A moeda está sob forte desconfiança da comunidade sobre a escalabilidade. A proposta da Plasma inclusive tem ganhado força para resolver esse problema.

Entretanto, segundo a Longhash, a rede Ethereum corre sérios riscos de um ataque 51%. Isso porque o hashrate (poder computacional que faz a segurança da rede) caiu 42% desde sua alta histórica (ATH).

Com isso, a rede Ethereum poderia estar seriamente comprometida caso a possibilidade se torne um fato. Cabe o destaque que, segundo a Longhash, o ataque 51% no Bitcoin custaria cerca de U$ 850 mil por hora. Entretanto, na rede Ethereum custaria apenas U$ 100 mil o mesmo período.

Finalmente, a possível falta de segurança da rede, aliado a problemas em resolver a escalabilidade tem forçado uma desvalorização da Ethereum. Frente ao Bitcoin (par ETH/BTC), o Ethereum já se desvalorizou cerca de 46% no ano. Além disso, sua dominância no criptomercado caiu de 11% para pouco mais de 8% em 2019.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Milhares de executivos participarão de conferência Bitcoin da MicroStrategy

A MicroStrategy abrirá o código de seu playbook Bitcoin em uma das conferências mais importantes da história da moeda digital a ser realizada no...

As pessoas estão obcecadas por Bitcoin? A psicologia explica

O Bitcoin voltou a ser “o centro das atenções” após ultrapassar seu recorde de 20 mil dólares. A moeda digital registrou um novo recorde...
Bandeira do Brasil em teclado

Dados pessoais de brasileiros à estão venda na deep web

Após o anúncio do vazamento de dados pessoais de praticamente todos os brasileiros, agora a novidade é que as informações estão à venda na...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

As pessoas estão obcecadas por Bitcoin? A psicologia explica

O Bitcoin voltou a ser “o centro das atenções” após ultrapassar seu recorde de 20 mil dólares. A moeda digital registrou um novo recorde...

Dados pessoais de brasileiros à estão venda na deep web

Após o anúncio do vazamento de dados pessoais de praticamente todos os brasileiros, agora a novidade é que as informações estão à venda na...

Melhor hora de comprar Bitcoin é quando ninguém fala sobre isso, diz um dos primeiros investidores

Provavelmente uma das principais dúvidas dos investidores novatos e também dos veteranos é sobre qual a melhor hora para comprar Bitcoin. Há quem diga...

Empresa vende todos bitcoins que tinha por causa de medo do “gasto duplo”

A NexTech AR Solutions, uma empresa que fornece soluções de realidade virtual disse que vendeu seus 130 bitcoins depois de ler uma notícia falsa...

Empresa vai guardar criptomoedas confiscadas pela polícia

As criptomoedas são moedas digitais que são guardadas em carteiras próprias. No Reino Unido, a polícia preferiu contar com a ajuda de uma empresa,...