DeFi Leaks denuncia golpe, investidor pode ter perdido 10 mil DAI

Os golpistas têm usado uma maneira sofisticada de roubar pessoas envolvidas na nova onda chamada de DeFi. Todo cuidado com este novo mercado pode ser pouco e entender conceitos técnicos é fundamental.

-

Siga no
DeFi pode ser scam?
DeFi/Reprodução
Anúncio

Uma pessoa que detinha pelo menos 10 mil moedas DAI pode ter perdido tudo. Depois que um novo golpe foi denunciado pelo DeFi Leaks, o caso veio à tona.

Os golpistas têm usado uma maneira sofisticada de roubar pessoas envolvidas na nova onda chamada de DeFi. Desse modo, a comunidade de criptomoedas busca identificar as novas ameaças que surgem no setor.

Na última quinta-feira (24), Nouriel Roubini deixou claro que o DeFi pode ser apenas um vaporware. O famoso analista de mercados com intuito de clarear o tema para investidores, resumiu a “moda” com a palavra.

Anúncio

Ainda assim, principalmente em 2020, muitos investidores de criptomoedas têm sido atraídos a este mercado. Mesmo que muitos golpes tenham surgido manchando a inovação, é provável que desenvolvimentos positivos devem permanecer para os próximos anos.

Famosa stablecoin DAI pode ter sido roubada de usuários em novo golpe, denunciado pelo DeFi Leaks

A criptomoeda DAI é famosa entre pessoas que buscam uma stablecoin descentralizada, com valor pareado ao dólar. Mantida pela Maker Protocol, a DAI é uma criptomoeda gerada a partir da colaterais.

Como token ERC20, a DAI funciona na rede Ethereum e podem ser transferidas para qualquer parte do mundo. Bem como outros tokens dessa rede, a DAI pode ser salva em uma carteira Ethereum.

No entanto, um usuário recebeu umas moedas em sua carteira, como um suposto airdrop de “TOMATOS”. Em contrapartida, deveria acessar um site do token tomatos.finance, para poder ativar um contrato inteligente.

Os golpistas deixavam claro que só assim seria possível ganhar as moedas DeFi de tomate. De acordo com a denúncia do DeFi Leaks, ao acessar o site indicado e aprovar o contrato, a vítima perdia o acesso a sua carteira Ethereum.

Dessa forma, o novo contrato permite que os golpistas roubassem várias criptomoedas baseadas em Ethereum. Algumas das mais famosas são o Tether (USDT), DAI, TrueUSD, UNI, entre outros.

Usuário pode ter sido vítima do golpe, que já não funciona mais

Em princípio o golpe de DeFi envolvendo tomates já não está mais em funcionamento. No momento da redação dessa, o site já estava indisponível.

Além disso, ao observar o contrato Ethereum dos golpistas pela Etherscan, é possível ver que todos os contratos e endereços associados foram marcados como scam, que significa fraude.

Contudo, antes dos golpistas serem identificados um usuário perdeu 10 mil DAI. De acordo com o Coinness, a vítima teria acessado o site fraudulento e dado a permissão necessária a atuação dos golpistas.

Em suma, se apresentando como as novas finanças descentralizadas, o DeFi ainda é um campo novo. Nesse sentido, golpistas mais experientes com a tecnologia estão se aproveitando da inocência de alguns investidores, que são levados a golpes sofisticados.

Outra moda que ronda esse setor é a de lançar novos tokens “promissores”. O DeFi Leaks tem observado que o Yield Wars pode ser o novo golpe em fase de maturação. Recentemente, o EMD e LV Finance foram outros suspeitos e até o criador da Ethereum se afastou do DeFi.

Por fim, se deseja investir nesse setor, apontados por alguns como promissor, os cuidados e estudos devem ser exaustivos.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Últimas notícias

Justiça determina prisão de fundadores da pirâmide financeira ArbCrypto

O juiz Fabio Calheiros do Nascimento, da 2ª Vara Criminal do Foro de Barueri, determinou na terça-feira (13) a prisão preventiva dos fundadores da...

TST promove seminário sobre blockchain e smart contracts

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) promove um seminário no mês de novembro, que terá até os assuntos de blockchain e smart contracts para...

PayPal pode estar negociando compra empresas cripto

Nesta semana o PayPal anunciou que estava entrando no criptomercado ao permitir que seus clientes passem a negociar Bitcoin. Essa decisão acabou fazendo com...