Fundador da Terra(LUNA) será investigado por esquema de pirâmide

Vários investidores sul-coreanos que sofreram perdas com o colapso repentino da Terra na semana passada estão planejando processar o cofundador e CEO da Terraform Labs por fraude.

Do Kwon, fundador da Terra LUNA e UST
Do Kwon, fundador da Terra. YouTube.

Do Kwon, o fundador da criptomoeda Terra(LUNA), pode ser acusado criminalmente por executar um esquema de pirâmide. Segundo o site Yonhap, promotores sul-coreanos estão avaliando se podem fazer acusações de esquema Ponzi contra o CEO da Terraform Labs, Do Kwon, somando-se às queixas já apresentadas contra o empresário sobre o dramático colapso da Luna e UST, ambas com queda de mais de 99,99% e causando perdas de cerca de US$ 40 bilhões.

Um esquema Ponzi é um tipo de fraude de investimento em que os primeiros investidores lucram com o dinheiro obtido de novos investidores.

A acusação pode estar relacionada com o Anchor Protocol, uma plataforma de finanças descentralizadas (DeFi) construída sobre a blockchain do ecossistema Terra, que prometia lucros de aproximadamente 20% aos investidores.

“Os comentários de Kwon prometendo rendimentos podem fornecer uma pista importante.”

Do Kwon e o cofundador da Terraform, Daniel Shin, também estão sendo processados ​​por cinco investidores que afirmam ter perdido US$ 1,1 milhão devido a “fraude e outras irregularidades financeiras”, diz o site.

De acordo ainda com o Yonhap, a Promotoria do Distrito Sul de Seul responsável pelo caso atribuiu uma equipe apelidada de “Anjos da Morte” para investigar se Kwon estava executando um esquema Ponzi promovendo insustentável rendimentos estáveis ​​em depósitos UST através da plataforma Anchor.

Um dos maiores escritório de advocacia sul-coreano que representa os investidores que processam Kwon, disse à Yonhap que o protocolo Anchor era “insustentável” e poderia ser considerado um esquema Ponzi.

“Depois de revisar as leis relevantes, julgamos que o protocolo [Anchor] pode ser estabelecido como um esquema Ponzi”, disse ele. “Embora possa não haver cláusula legal sobre stablecoins e bitcoins, há um precedente judicial que acreditamos que pode ser aplicado a este caso.”

Do Kwon pode ser preso?

De acordo com Randall Eliason, professor de direito e ex-promotor especializado em crimes de colarinho branco, qualquer caso criminal teria que mostrar que Kwon cometeu fraude – uma tarefa que raramente é fácil.

“Quando fundos de hedge e outros perdem muito dinheiro, isso não significa que haja fraude. Os promotores precisariam de alguma evidência de que não é uma má ideia ou um fracasso espetacular”, disse ele ao Decrypt.

Compilar essas evidências é um desafio, acrescentou Eliason, já que é improvável que os criminosos exponham seu esquema fraudulento em algo como um e-mail.

Terra(Luna)

A Terraform Labs surgiu após o fracasso de outro projeto de Kwon, o Basis. A ideia por trás do novo projeto era criar duas moedas digitais inter-relacionadas com propósitos muito diferentes, mas projetadas para equilibrar uma à outra.

Um delas era a TerraUSD, a stablecoin da Terra, chamada de UST. A maioria das stablecoins é apoiada por ativos reais que ficam em contas bancárias reais. A UST, no entanto, não tinha nada do mundo real para sustentar seu valor.

Em vez disso, como uma “stablecoin algorítmica”, foi desenhada para estar em um relacionamento constante e dinâmico com outro token digital, Luna, cujo valor aumentaria e diminuiria de acordo com o mercado.

O truque que Kwon usou para manter as moedas em equilíbrio – e manter o UST em um dólar – foi a capacidade de trocar uma pela outra em valores fixos, mesmo que o preço do UST oscilasse.

Portanto, se Luna estivesse sendo negociada a US$ 100 e o preço do UST caísse um pouco abaixo de US$ 1, um investidor poderia trocar o primeiro pelo último e lucrar um pouco com essa pequena diferença no preço.

A transação também destruiria essa quantidade de UST, diminuindo a oferta e fazendo com que o preço volte ao equilíbrio.

Pelo menos na teoria.

Mas à medida que o projeto Terra crescia, também crescia o coro de preocupações expressas pelos céticos. Kevin Zhou, chefe do fundo de hedge cripto Galois Capital, previu seu fim por meses, comparando sua queda com o cerco de Cartago pelos romanos.

Outros o chamaram de esquema Ponzi.

Kwon parecia gostar das críticas. Ele respondia seus céticos chamando-os de “pobres”.

Kwon tentou evitar atenção da SEC sobre outro projeto da Terra que agiam como derivativos. Ele recebeu uma intimação logo antes de subir ao palco em uma conferência nos EUA, mas depois alegou que a SEC não tinha jurisdição sobre seu projeto.

Cerca de uma semana antes da Terra perder sua atrelagem ao dólar americano, Kwon se gabou de que era “divertido assistir empresas morrerem.”

O colapso da Terra(Luna) deixou muitos no mundo das criptomoedas questionando se era um esquema Ponzi.”

Vários investidores sul-coreanos que sofreram perdas com o colapso repentino da Terra na semana passada estão planejando processar o cofundador e CEO da Terraform Labs por fraude.

Os investidores também planejam apresentar um pedido ao Ministério Público do Distrito Sul de Seul para apreender os bens de Kwon na próxima semana.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias