Empresa de mineração de bitcoin em nuvem recebe ‘stop order’

Mais um caso assim pelo mundo.

Sinal vermelho com imagem do Bitcoin
Sinal vermelho com imagem do Bitcoin

Uma empresa que prometia rendimentos fixos de 10% em apenas 30 dias com a imagem do Bitcoin, recebeu stop order das autoridades dos Estados Unidos.

O caso chamou atenção após a empresa recrutar investidores no mercado para investir em um esquema que afirmava conseguir render o capital dos clientes de maneira fácil.

Quem optasse por ter mais rendimentos, a empresa oferecia ainda pacotes de até 80% de rentabilidade, o que acabou chamando a atenção das autoridades locais.

Vale lembrar que ganhos fáceis e rápidos no mercado costumam significar que a empresa é uma pirâmide financeira, que pode causar grandes prejuízos a investidores.

Como funcionava a empresa de mineração em nuvem de Bitcoin que recebeu stop order?

Há alguns anos, a comunidade Bitcoin mundial já observa com cautela o surgimento de empresas que atuam nos segmentos de mineração em nuvem, trade e até cursos de criptomoedas, visto que esses foram alguns dos setores em que mais se criaram pirâmides financeiras.

Abalando a imagem do Bitcoin ao usar a moeda digital para justificar supostos ganhos, os esquemas acabam captando muitos recursos no mercado.

A nova empresa então, chamada “Treasure Growth Investments”, que na tradução literal poderia ser Investimentos em Crescimento do Tesouro, justificava suas atividades como mineração de Bitcoin em nuvem.

Ela afirmava aos clientes ser constituída em Oregon e localizada na Flórida, mas estava captando principalmente no Texas, que foi o estado que emitiu o stop order contra o negócio.

Chamava atenção ainda que, aqueles clientes que investissem mais de US$ 1 milhão, receberiam um bônus, com retorno de 65% em apenas 25 dias e mais um caminhão Ford F-150 ano 2020.

Para captar recursos de clientes, a Treasure Growth ainda criou outras quatro empresas investigadas como falsas, que poderiam servir apenas para ocultar a identidade dos criadores do esquema.

Além disso, o esquema tinha um programa de captação, que usava os clientes para captarem mais investidores, como em todas as pirâmides financeiras é feito, com o chamado marketing multinível. O Texas lembrou que todos esses vendedores poderão ser apontados como cúmplices no processo contra a empresa.

Por fim, a autoridade texana afirma que a empresa está ocultando informações vitais sobre o negócio dos clientes, além de usar fotos de bancos de imagens para criar em seu site falsos depoimentos de investidores.

“A ordem também alega que a Treasure Growth está ocultando outras informações materiais, como a identidade de seus dirigentes e proprietários da Treasure Growth, informações sobre as instalações de mineração de criptomoedas e os riscos associados a investimentos vinculados a criptomoedas e mineração em nuvem de criptomoedas. A Treasure Growth também é acusada de usar fotos de banco de imagens para retratar falsamente os investidores que prestam depoimentos.”

O caso chama atenção, visto que tem crescido no mercado de Bitcoin o aparecimento de esquemas que prometem 10% ao mês em apenas 30 dias, no mundo todo. As autoridades dos Estados Unidos não informaram quanto essa empresa deu de prejuízo no mercado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias