Empresário que cometeu fraude com criptomoedas pode pegar 90 anos de prisão

Ex-jogador de futebol americano se declarou culpado e caso pode ser importante para o mercado de criptomoedas.

Algemas com Bitcoin, fraude com criptomoedas e prisão
Algemas com Bitcoin

Um ex-empresário e jogador de futebol americano dos Estados Unidos que cometeu fraude milionária com criptomoedas se considerou culpado perante a justiça. Assim, o misterioso caso começa a ser resolvido, podendo acarretar uma prisão de 90 anos.

Reginald Fowler é uma incógnita que poderia até afetar os negócios da criptomoeda Tether, uma das mais negociadas diariamente. Isso porque, nos últimos anos ele fez parte de um banco que processava transações para a Bitfinex e Tether, ambas empresas que pertencem a iFinex.

Eem 2019, após várias investigações, Fowler acabou sendo preso e acusado de vários crimes em seu país. Uma das acusações que pesa contra ele é relacionada a uma fraude na Alliance of American Football (“AAF”), liga de futebol americano que deveria concorrer com a NFL, mas acabou extinta após a fraude.

Segundo o analista de criptomoedas brasileiro Marcel Pechman, ele poderia ser o “Cisne Negro das criptomoedas“.

Reginald Fowler
Reginald Fowler

Empresário que cometeu fraude com criptomoedas se considera culpado e pode pegar 90 anos

Desde 2019 Fowler é acusado de cometer vários crimes nos Estados Unidos. Antes dono do clube Minnesota Vikings, ele acabou criado uma empresa chamada Crypto Capital.

Após isso, processou US$ 750 milhões em saques e depósitos para várias corretoras, sendo uma delas a Bitfinex. A empresa perdeu milhões com o caso de Fowler, assim como a finada canadense QuadrigaCX, que recentemente virou documentário na Netflix.

Entre as acusações que pesam contra Fowler estão até a lavagem de dinheiro para cartéis de droga. Ou seja, ele poderá enfrentar, segundo a própria justiça dos EUA, até 90 anos de prisão pelos seus crimes.

FOWLER, 63 anos, de Chandler, Arizona, se declarou culpado hoje (25) de uma acusação de fraude bancária, uma acusação de conspiração para cometer fraude bancária, uma acusação de operar uma empresa de transmissão de dinheiro não licenciada, uma acusação de conspiração para operar uma empresa de transmissão de dinheiro não licenciada, e uma acusação de fraude eletrônica. Estes crimes acarretam uma pena total máxima de 90 anos de prisão.

Julgamento em agosto

Apesar de ter se declarado culpado e isso poder ajudar a diminuir sua pena, Fowler será julgado definitivamente no dia 30 de agosto de 2022.

Tanto o FBI quanto a Receita Federal dos EUA foram responsáveis pela investigação de seu caso, que está sendo avaliado pelo Escritório de Lavagem de Dinheiro e Empresas Criminosas Transnacionais.

Antes de se declarar culpado, Fowler chegou a considerar se apresentar como inocente e devolveu US$ 400 milhões para a justiça, mas depois mudou o discurso e agora é mais um ex-empresário a operar uma fraude no mercado de criptomoedas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias