Corrida bancária fará Fed baixar juros, diz empresário que ficou bilionário com Bitcoin e agora recomenda compra de duas criptomoedas

O bilionário acredita que os EUA passarão por mais corridas bancárias já nesta segunda-feira (13). Como consequência, o Fed precisará tomar uma medida para evitar mais quebras e resgates, o que deve beneficiar algumas criptomoedas.

Fundador da BitMEX, uma das maiores corretoras de derivativos de criptomoedas, Arthur Hayes enxergou uma grande oportunidade e logo se tornou bilionário com seu empreendimento. No entanto, Hayes planeja ganhar ainda mais dinheiro com a atual crise bancária americana.

Em mensagens publicadas em suas redes sociais, o lendário trader afirmou que a corrida bancária americana fará o Banco Central dos EUA baixar a taxa de juros. Como consequência, o bilionário espera que alguns metais e criptomoedas se valorizem no curto prazo.

Em relação à crise das stablecoins, afetadas pelas falências de bancos, o fundador da BitMEX também propôs a criação de uma stablecoin que não tenha dependência bancária.

Arthur Hayes recomenda compra de quatro ativos para fugir da crise bancária americana

Embora a falência dos bancos Silvergate, Silicon Valley Bank (SVB) e Signature ainda não tenham causado os mesmos danos da crise de 2008, muitos investidores estão preocupados com a situação.

Afinal, com US$ 209 bilhões (R$ 1 trilhão) em ativos, o SVB era o 16º maior banco dos EUA. Quanto a falência, o SVB foi a segunda maior da história bancária dos EUA, ficando atrás apenas do Washington Mutual Bank em 2008, como destacado pela imagem abaixo do New York Times.

Maiores falências de bancos americanos. Fonte: New York Times.

Dado isso, o bilionário acredita que os EUA passarão por mais corridas bancárias já nesta segunda-feira (13). Como consequência, o Fed precisará tomar uma medida para evitar mais quebras e resgates, o que deve beneficiar algumas criptomoedas.

“45 minutos da abertura [dos bancos] nos EUA, e os bancos sendo parados à esquerda, direita e centro”, comentou Hayes nesta manhã sobre a crise bancária americana. “Às 16h, as taxas de juro do Fed podem estar de volta a 0%.”

“$XAU [Ouro], $XAG [Prata], $BTC [Bitcoin], $ETH [Ethereum], é o único caminho!”

A previsão de Hayes se provou certa já nos minutos seguintes. Afinal, o Bitcoin valorizou 4,7% desde seu tuíte acima, em menos de uma hora, e já está sendo negociado acima dos US$ 23.500 no momento desta redação.

Bitcoin opera em forte alta nesta segunda-feira (13) conforme crise bancária dos EUA se estende. Fonte: TradingView.

Fundador da BitMEX sugere criação de stablecoin que não dependa de bancos

Por fim, antes mesmo da crise das stablecoins, Arthur Hayes comentou sobre a criação de uma stablecoin que não tivesse dependência de bancos. Chamada NakaDollar (NUSD), essa moeda teria seu preço guiado por contratos dentro de corretoras, como explicado abaixo.

“1 NUSD = US$ 1 de Bitcoin + Short de 1 Bitcoin / Swap Perpétuo Inverso de USD.”

Ou seja, a stablecoin precisaria de dois lados, um apostando contra e outro a favor do Bitcoin para manter seu preço. No entanto, a proposta ainda teria problemas de confiança já que teria dependência de corretoras.

De qualquer forma, a crise bancária está mudando o rumo das criptomoedas novamente. Afinal, até mesmo stablecoins descentralizadas foram afetadas pela quebra do SVB e acabaram perdendo sua paridade com o dólar.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias