Esquema de pirâmide é um dos maiores detentores de Ethereum

Valor total é considerado baixo em comparação com os US $ 3 bilhões que o esquema conseguiu arrecadar.

Siga no
Pirâmide Plus Token atuava na China
Pirâmide Plus Token atuava na China

Plus Token, um esquema de pirâmide com criptomoedas se tornou um dos maiores detentores da criptomoeda Ethereum. O esquema tem sob posse 800 mil ETH, na cotação da moeda digital hoje, o valor chega a US $ 120 milhões ( R$ 495 milhões).

A “Plus Token” foi um esquema Ponzi disfarçado de criptomoeda com marketing multinível que prometia rentabilidade garantida e retornos “maravilhosos” em pouco tempo.

Os líderes do esquema encerraram as operações em junho de 2019, tendo arrecadado mais de US $ 3 bilhões em criptomoedas das vítimas (Bitcoin, Ethereum, EOS e outras).

O esquema prometia retornos “garantidos” de 6% a 18% ao mês, dependendo do “nível” do “afiliado”. Quando saíram do ar, eles deixaram uma mensagem debochada aos investidores dizendo: “desculpe, corremos”.

plus token deixa mensagem de deboche
plus token deixa mensagem de deboche

Plus Token tem posse de 800 mil Ethereum

Assim como acontece com qualquer esquema de marketing multinível, os “associados” são “recompensados” para trazer mais pessoas, quanto mais investidores entravam, mais e mais pessoas depositavam criptomoedas na plataforma.

O golpe teve início em maio de 2018, e chegou ao auge já em junho do mesmo ano, a pirâmide conseguiu arrecadar 800.000 ETH, além de outras criptomoedas, de acordo com o Trust Nodes.

Os responsáveis pelo esquema foram presos na China, ao todo, 6 pessoas. Mas os endereços continuam com o saldo em Ethereum.

Não se sabe se as autoridades chinesas controlam as carteiras com Ethereum.

Mas é notável, merece atenção por se tratar de uma das carteiras com maior número de Ethereum no mercado.

Esquemas ponzi são responsáveis por quedas de preço de criptomoedas

Conforme noticiado pelo Livecoins, recentemente um analista afirmou que algumas pirâmides financeiras poderiam ser responsáveis por quedas de preço do Bitcoin. A justificativa, que é plausível, seria o despejo das moedas no mercado.

Quem quer que seja que tenha controle dessas moedas, pode causar algum impacto nos preços caso resolva liquidar tudo de uma vez por preço baixo em uma tentativa de lavar esses fundos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Empresário observando a rede Bitcoin na cidade

Maior companhia de telecomunicações da Tailândia vai minerar Bitcoin

Uma das maiores empresas de telecomunicações da Tailândia vai minerar Bitcoin e pretende ser uma referência na Ásia neste setor. A Jasmine Telecom Systems (JTS)...
Michael Saylor Kitcon News

Michael Saylor: “Bitcoin vai durar 3950 anos, invista no que foi feito para durar...

Michael Saylor é um dos grandes apoiadores do Bitcoin e um dos mais conhecidos defensores da criptomoeda, sempre falando bem dela e de seus...
Art e Yuki Williams Family Imagem: 7News

Família não consegue acessar carteira de criptomoeda com R$ 35 milhões e pede ajuda

Uma família abriu uma campanha no Kickstarter pedindo ajuda para recuperar uma fortuna em Ethereum que eles não receberam da Fundação Ethereum após uma...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias