Pirâmides financeiras fizeram preço do Bitcoin cair, diz analista

Motivo pelo qual entusiastas de bitcoin odeiam pirâmides financeiras número 110.446

Siga no

Depois de valorizar mais de 100% em 2019 e chegar a um valor de R$ 58 mil no final de junho, o Bitcoin perdeu mais de 50% de seu valor, chegando a ser negociado por R$ 30 mil em novembro. Desde então, a moeda digital não conseguiu se recuperar da baixa e está sendo negociada em torno de US $ 7 há um bom tempo.

De acordo com Travis Kling, fundador da Ikigai Asset, a razão pela qual o preço do Bitcoin não está subindo, mesmo que as previsões sejam “extremamente otimistas”, é a pressão de venda gerada por dois dos maiores esquemas de pirâmide que o mercado de criptomoedas já viu.

Segundo o renomado gestor de fundos, dois esquemas de piramide estão impedindo o bitcoin de um impulso de alta. Segundo Kling, os dois esquemas são a Plus Token Wallet e a conhecida OneCoin, ambas estão continuamente queimando milhões de dólares em Bitcoin no mercado. E isso pode levar os preços ainda mais para baixo.

Pirâmides despejam mais de 1 bilhão em bitcoin no mercado

O site CryptoSlate informou em Novembro que os autores do golpe PlusToken estavam inundando o mercado de criptomoedas com bitcoins roubados. Um único endereço havia liquidado mais de 22.000 BTC (R$ 668.518.488,00 ) em apenas um mês, aproximadamente 1.100 BTC ( R$ 33.425.924,00 ) por dia. Isso representa apenas 11,8% dos 187.000 BTC que a PlusToken tem sob posse.

Fundadora da OneCoin
Fundadora da OneCoin

Da mesma forma, a conhecida OneCoin conseguiu convencer mais de 3 milhões de pessoas em todo o mundo a investir o equivalente a R$ 20 bilhões. O número de criptomoedas sob posse da quadrilha ainda é desconhecido, assim como sua fundadora, a “rainha das criptomeodas”, Ruja Ignatova.

O analista sustenta que essas pirâmides despejando bitcoin no mercado desempenha um grande papel na queda do preço da moeda digital.

É muito provável que essas pirâmides com muitos fundos em bitcoin continuem vendendo suas criptomoedas ao longo de 2020. Isso pode fazer com que o preço do Bitcoin caia ainda mais.

Quedas de preços relacionadas com grandes movimentos de vendas de bitcoin no mundo das criptomoedas não são nada de novo. Ainda este ano o Livecoins noticiou que uma baleia movimentou um bilhão de dólares em Bitcoin, numa transação que segundo os analistas acabou por ir para um corretora e levou a uma queda de 15% no preço do Bitcoin.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Ethereum no pano

Ethereum ultrapassa Netflix, Coca-Cola e L’Oreal em valor de mercado

Na manhã deste sábado (10), o Ethereum, segunda maior criptomoeda do mundo em termos de capitalização de mercado, estabeleceu um novo recorde de preço,...
Bandeira da Rússia amassada

Banco central russo deve lançar moeda digital em 2023

Funcionários do Banco Central da Rússia revelaram que estão trabalhando no desenvolvimento do Rublo digital, a moeda digital do país que deve ser lançada...

As falácias do consumo de energia do Bitcoin

O tópico mais recente na indústria de criptomoedas é o consumo de energia de prova de trabalho (Proof-of-work ou PoW) do Bitcoin e se...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias