Ex-gestor do Goldman Sachs diz que Ethereum pode valorizar 300% ainda este ano

Desde a introdução do EIP-1559 — cujo maior propósito é a queima de parte das taxas de transferência — o Ethereum já queimou mais de 933 ETH, equivalente a 22 bilhões de reais na conversão atual.

Raoul Pal, macro investidor e CEO da Real Vision, apresentou uma comparação entre o atual gráfico do Ethereum (ETH) em relação ao Bitcoin (BTC) em 2017. Segundo ele, o Ether pode presenciar um rally de 300% em breve.

Isso pode não apenas significar uma grande diminuição na dominância do Bitcoin como também fazer com que o Ethereum ultrapasse, pela primeira vez, o bitcoin em capitalização de mercado, caso o mesmo mantenha-se estático ou caia.

Dentre os motivos da grande valorização do Ethereum neste ano estão a sua queima de Ethers, a expansão dos setores de DeFi e jogos, bem como os pequenos avanços para a migração para Proof-of-Stake (PoS).

“Ethereum pode passar o Bitcoin”

A análise de Raoul Pal mostra o atual gráfico do Ethereum sobreposto ao do Bitcoin em 2017, quando ele estava na casa dos 7.892 dólares. Desta forma, o investidor acredita que o ETH possa subir até 3 vezes, como o bitcoin fez em 2017, chegando a quase 13.000 dólares por unidade.

“eu não espero perfeição, mas com todas as outras análises que fiz, algo como um rally de 100% a 300% é altamente provável no final do ano. Nada é certo.”

Conforme o Ethereum está com uma capitalização de mercado de 493 bilhões de dólares, um aumento de 300% pode fazer com que ele ultrapasse o Bitcoin caso o mesmo mantenha-se na casa dos 60 mil dólares, com R$ 1,11 trilhão de valor de mercado total.

Mesmo uma valorização de 100%, a hipótese mais conservadora apresentada por Raoul, faria com que o Ethereum diminuísse consideravelmente a atual dominância do Bitcoin.

Há espaço para isso, sem ameaçar o Bitcoin. Afinal o Ether ainda está 55% abaixo de sua alta histórica no par ETH/BTC. Esse pico foi marcado em junho de 2017, quando a negociação chegou em 0,156 BTC por 1 ETH, hoje está na casa de 0,07.

Queima de Ethers tem influenciado o preço

Desde a introdução do EIP-1559 — cujo maior propósito é a queima de parte das taxas de transferência — o Ethereum já queimou mais de 933 ETH, equivalente a 22 bilhões de reais na conversão atual.

Desta forma, além dos Ethers dos holders não serem desvalorizados por conta da inflação — geração de novas moedas — também há um choque de oferta, antes feita por mineradores. Em alguns momentos a rede chegou a queimar mais tokens do que imprimir.

Dentre outros pontos que estão sendo importantes para o Ethereum no momento é sua ampla gama de aplicativos rodando em seu protocolo, especialmente dos setores de DeFi e jogos, bem como a tão sonhada transição para o Proof-of-Stake.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias