Ex-líderes de pirâmide lançam golpe com óleo de maconha

Mudam o setor de atuação, mas o golpe sempre continua!

-

Siga no
Óleo de Maconha, CBD, usado em golpe de ex-líderes de pirâmide com criptomoedas
Óleo de Maconha, CBD, usado em golpe de ex-líderes de pirâmide com criptomoedas
Anúncio

A pirâmide financeira internacional OneCoin acabou, porém, os lesados continuam a sofrer. Nos últimos dias, antigos líderes da pirâmide lançaram um novo golpe, agora relacionado com óleo de maconha.

De fato, todos os líderes da OneCoin continuam sendo investigados por organizações de vários países. No Brasil, são várias as pessoas que acreditaram nas promessas feitas por essa pirâmide.

Nos EUA, um dos cofundadores teve sua prisão revogada nos últimos dias, o que leva ainda mais desespero aos lesados pela OneCoin. A fundadora Ruja Ignatova (CryptoQueen) nunca mais foi encontrada, apesar da procura de anos feita por vários países sobre a líder do esquema.

Anúncio

Fundadora da OneCoin
Fundadora da OneCoin

Normalmente os membros de pirâmides buscam atuar em setores que as pessoas procuram muito. Com os avanços no uso medicinal da maconha, e seu óleo, antigos líderes da OneCoin já correram para criar um golpe no setor.

Novo golpe Okaizo, usa óleo da maconha para prometer rendimentos fixos em nova pirâmide financeira

As pirâmides financeiras com criptomoedas realmente estão chegando ao fim, finalmente. Os investidores têm aprendido com os últimos golpes revelados que o mercado de rendimentos fixos e mensais não existe, sendo apenas um golpe que deixa pessoas lesadas.

Um dos maiores casos de pirâmide envolvendo criptomoedas foi certamente da OneCoin. Sua líder, Ruja Ignatova, afirmou que era possível criar uma criptomoeda melhor que o Bitcoin e captou investimentos pelo mundo.

No Brasil, por exemplo, uma série de investidores foram lesados pela OneCoin, que prometia rendimentos garantidos para as pessoas. A empresa já teve vários processos correndo na justiça, do Brasil, dos EUA, entre outros.

Pirâmide Financeira
Pirâmide Financeira

Contudo, antigos líderes da OneLife, uma segunda pirâmide que existia dentro do golpe da OneCoin, tem ousado novamente com golpes. O setor que eles miram agora é o da saúde, via maconha medicinal.

Site norte-americano denuncia novo golpe na área: ex-líderes da OneCoin

De acordo com o site BehindMLM, o novo golpe conta com a participação de vários ex-líderes da OneCoin. O golpe chamado Okaizo tem divulgado pacotes de filiação, como Prata, Bronze e Ouro.

Pirâmide Okaizo promete rendimentos garantidos com a venda de produtos de maconha
Pirâmide Okaizo promete rendimentos garantidos com a venda de produtos de maconha – Reprodução/Facebook

Para participar da nova pirâmide do pedaço as pessoas devem recrutar pelo menos quatro outras pessoas após comprar o pacote desejado. Além isso, deverá manter uma compra de produtos mensal de pelo menos 50 PV, o que não é claro o custo de manutenção, apontou o BehindMLM.

Quem conseguir preencher os requisitos mínimos para se manter na pirâmide, irá receber mensalmente lucros da Okaizo. Os ex-líderes da OneLife, que pertencia à OneCoin, são Bernardus Johannes Gijsbertus Voorham, Parwiz Daud, Nawid Habib e Abdulmansour Tawafi.

Ao que parece, os piramideiros profissionais já migram com força para o setor da saúde. O óleo da maconha tem sido usado para combater uma série de doenças no mundo, o que tem atraído clientes e investidores ao mercado, que correm risco de cair nessa pirâmide.

Novidade chega na mesma semana em que Justiça dos EUA remarcou audiências contra líderes da Onecoin

De acordo com o BehindMLM, dois dos fundadores do esquema OneCoin, Karl Sebastian Greenwood e Konstantin Ignatov, tiveram seus julgamentos remarcados pela Justiça dos EUA. As audiências estavam marcadas para 6 e 8 de abril respectivamente, mas foram adiadas para junho.

O golpe da OneCoin, com a ajuda de Karl e Ignatov, teria arrecadado mais que 1 bilhão de dólares, entre 2014 e 2018. A promessa era que uma criptomoeda seria lançada no mercado, melhor que o Bitcoin, principal moeda do mundo.

Contudo, a OneCoin além de nunca ter sido lançada, deixou uma leva de investidores sem explicação. Os líderes que foram presos tem sido levados a julgamento, por isso, espanta que a justiça dos EUA retire acusações contra um de seus líderes.

Segundo o The Block, o golpe da OneCoin é um dos maiores de todos os tempos no mercado de criptomoedas. A CryptoQueen nunca foi encontrada, entretanto, os outros líderes foram presos em 2018. Quem investiu nessa pirâmide pode nunca mais ver seu dinheiro.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

ONU (Nações Unidas, Blockchain e Bitcoin)

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Últimas notícias

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...

Grande banco dos EUA é acusado de participação em golpe com criptomoedas

O esquema de pirâmide OneCoin foi o maior esquema ponzi recente, sumindo com bilhões de clientes, levando a prisões e até mesmo a uma...

Primeira exchange a listar a brasileira Hathor HTR

A tecnologia brasileira da blockchain Hathor vem chamando cada vez mais atenção da comunidade global e já entrou nos Estados Unidos e na Ásia,...