Facebook quer reinventar o Paypal com a “Libra 2.0”

Facebook que uma licença de plataforma de pagamentos similar ao Paypal.

Siga no
Libra - Criptomoeda do Facebook
Libra - Criptomoeda do Facebook

Recentemente, a proposta do Facebook de criar a sua criptomoeda, há muito deixada de lado foi alterada para agradar governos. Na última semana, a gigante das redes sociais anunciou que irá fazer uma versão simplificada de seu token, na tentativa de ser aprovada mais facilmente pelos reguladores globais.

Agora a ideia é fazer com que a Libra se concretize por meio de uma licença financeira junto a Autoridade Supervisora do Mercado Financeiro da Suíça (FINMA).

A solicitação da licença por parte do sistema de pagamento, de acordo com o Facebook, é um marco importante para a Libra Association. Sua proposta é de colocar a criptomoeda em ação, com todas as suas despesas operacionais de curto prazo cobertas pelos membros fundadores da associação.

O objetivo é fazer isso implementando uma plataforma de pagamentos. Assim, após mais de uma década, a rede social quer lançar uma nova versão da criptomoeda token: a Libra II.

Trata-se de uma Stablecoin quase totalmente diferente de seu conceito original. O comunicado da plataforma sobre o assunto afirma que desde junho de 2019, a Libra Association esteve em contato com diversas partes interessadas no projeto.

Assim, um dos principais feedbacks que foram recebidos e incorporados foi referente ao seu sistema de pagamento. A ideia é oferecer tokens de moeda única, tanto da Libra quando de outros ativos digitais.

Plataforma similar ao PayPal

Sabe-se que para o desenvolvimento da Libra o Facebook também vai contar com um sistema blockchain de permissão aberta e competitiva.

Futuramente um novo espaço sem permissões deve ser implantado, mantendo praticamente as mesmas propriedades econômicas e de controle do design original.

Além disso, a segurança de seu sistema de pagamentos também foi aprimorada, levando em conta o gerenciamento de riscos e o combate à lavagem de dinheiro.

Outros crimes como financiamento ao terrorismo e demais atividades ilícitas também terão maior fiscalização.

A hipótese é de que, ao garantir uma licença para uma plataforma de pagamentos similar ao Paypal, a Libra possa mostrar ao mundo sua seriedade. Seja como for, ainda está difícil para o Facebook conseguir provar este ponto.

Opiniões como a da congressista dos EUA Sylvia Garcia, de que a criptomoeda da rede social seja suficientemente segura reforçam este problema.

Para ela, o Facebook teve a oportunidade de abordar as preocupações levantadas pelo congresso em seu modelo inicial, mas isso não foi feito. Assim, seu trabalho para garantir a instituição de uma regulação rígida sob o ativo, caso seja aprovado, continua.

A FINMA seria capaz de aprovar facilmente o pedido de licença. Porém, por se tratar de um problema com implicações globais o pedido deve ser discutido com reguladores de todo o mundo.

Padrões nacionais e internacionais para infraestrutura e pagamento serão rigorosamente avaliados, o que deve retardar ainda mais o processo de instituição da Libra.

Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

Miami pode ser a primeira cidade a ter reservas em Bitcoin

O prefeito de Miami, Francis Suarez, vem, desde dezembro de 2020, considerando apostar no Bitcoin para fazer parte das reservas da cidade. Segundo Suarez,...
PayPal e Bitcoin criptomoedas blockchain

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Cotações por TradingView

Últimas notícias

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Banco Central da Nova Zelândia é hackeado

Há uma semana, no domingo (10), o Banco Central da Nova Zelândia foi alvo de um ataque hacker que deixou graves consequências. As autoridades...

Binance abre inscrições para voluntários no Brasil

Quem busca empreender com criptomoedas ou mesmo ingressar nas comunidades brasileiras, uma oportunidade de aprendizado surgiu nos últimos dias. A Binance, a maior maior...

Uganda desliga internet, comércio de bitcoins para de funcionar

Na véspera das eleições presidenciais, o governo da Uganda bloqueou, sem avisar, a Internet de toda população. Isso ocorreu depois de os ugandeses contornarem...