Falso suporte da Coinbase rouba R$ 400 mil em criptomoedas

Caso mostra que as pessoas devem procurar interagir com plataformas com segurança.

Siga no
Aplicativo de criptomoedas da Coinbase
Aplicativo de criptomoedas da Coinbase

Um novo site que surgiu na comunidade já conseguiu roubar R$ 400 mil em criptomoedas, se passando pelo atendimento aos clientes e suporte da Coinbase, maior corretora dos Estados Unidos. A plataforma em breve deverá chegar ao Brasil em seu processo de expansão global.

No mercado de criptomoedas e financeiro, é comum que hackers e estelionatários criem falsos sites para se passar pelos serviços legítimos de atendimento a clientes. Essa prática é chamada phishing, sendo uma das maiores ameaças a investidores de todo mundo.

Isso porque, com a prática de phishing, a fraude se concentra em obter dados das pessoas para usar depois nos sites corretos. Contudo, a evolução do phishing tem sido a prática de pedir que as pessoas coloquem seus dados de carteiras nos sites falsos, situação em que todas as moedas são roubadas imediatamente.

Falso suporte da Coinbase rouba R$ 400 mil em criptomoedas

O aplicativo Coinbase Wallet é o novo alvo de uma prática golpista no mercado de criptomoedas, segundo um alerta da PeckShield neste domingo (24). Essa empresa acompanha fraudes e investiga problemas que afetam o mercado, fornecendo inteligência e transparência para que esses não ocorram novamente.

Dessa forma, uma nova divulgação informou que golpistas estão fingindo ser do suporte da Coinbase, levando as vítimas a copiar um site de phishing para a carteira da empresa. Após copiar o endereço e aprovar ele, todos os fundos da wallet das vítimas são levados.

“Os golpistas fingem ser a equipe de suporte ao cliente da Coinbase e induzem os usuários a copiar o site de phishing em seu aplicativo Coinbase Wallet, aprovando o endereço do golpe e roubando dinheiro”.

O maior problema do novo golpe detectado é que ele já vitimou 38 pessoas até o momento, deixando um prejuízo estimado em US$ 86,7 mil. Ou seja, mais de R$ 400 mil em criptomoedas foram roubadas por um falso serviço de suporte a clientes de uma grande corretora.

Cuidado com suporte, procure os canais oficiais

No Brasil, recentemente uma onda de grupos de suporte a clientes da Binance surgiu no WhatsApp. Contudo, após questionado pelo Livecoins, a corretora afirmou que não tem nenhum grupo oficial de suporte por esse aplicativo, ou seja, todos eram falsos grupos utilizando a imagem da plataforma e lesando clientes.

Segundo a equipe da PeckShield, a prática recomendada é “nunca enviar criptomoedas para endereços externos em nome de supostos agentes de suporte“. Ainda que os golpes de phishing não sejam novidades, eles seguem modernizando sua forma de atuação e continuam deixando vítimas pelo mundo.

Vale o destaque que em breve a Coinbase chegará ao Brasil, com usuários e clientes devendo prestar atenção aos canais de atendimento oficiais assim que estes forem anunciados.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias