“Faraó dos Bitcoins” era sócio da TroniPay, empresa ligada à “Investimentos Bitcoin”

Relação estranha e baixa da empresa em data importante.

Glaidson dos Santos, líder da Gas Consultoria Bitcoin em Cabo Frio
Glaidson dos Santos em pronunciamento público a clientes/Reprodução

No Rio de Janeiro, Glaidson Acácio dos Santos, o “Faraó dos Bitcoins”, era um dos sócios da empresa TroniPay, pelo menos até o mês de julho de 2021.

A empresa se apresentava nas redes sociais como uma fintech especializada em soluções de pagamento e chegou a publicar conteúdos patrocinados em portais de criptomoedas, em 2019.

Buscando se aproximar do mercado, muitos nem perceberam naquela época que dentre os sócios da “TRONIPAY SOLUCOES EM PAGAMENTOS E CARTAO LTDA” estava Glaidson Acácio dos Santos, que até então não era conhecido e muito menos investigado.

No entanto, essa empresa acabou se ligando ao esquema de pirâmide Investimentos Bitcoin, alvo de um processo na Justiça Pública de São Paulo e em todo Brasil, após várias denúncias de clientes contra o golpe que chegou a utilizar a televisão brasileira para captar investidores.

Boleto que consta em processo movido por cliente da Investimento Bitcoin mostrando relação com a TroniPay
Boleto que consta em processo movido por cliente da Investimento Bitcoin mostrando relação com a TroniPay obtido pelo Livecoins / Reprodução

Investigada pela CVM desde 2019, a Investimento Bitcoin é comparada até ao esquema da Atlas Quantum, visto que utilizou técnicas sofisticadas de captação para seu negócio, antes de lesar os clientes.

Para processar os pagamentos dessa empresa, a TroniPay era a fintech escolhida. Para um advogado que acompanha o caso da Gas Consultoria, é muito estranho que essa empresa tenha baixado seu registro do CNPJ em 15 de setembro de 2021, justamente na data em que a empresa de Cabo Frio culpou a justiça e os suspendeu pagamentos para clientes.

O que disse o advogado que acompanha o caso do “Faraó dos Bitcoins” e viu uma estranha ligação da TroniPay?

Ao ver uma relação da TroniPay com o “Faraó dos Bitcoins”, um dos advogados que acompanha o caso da Gas Consultoria e já move processos contra a empresa na justiça brasileira, Artêmio Picanço, disse que acha estranho essa ter sido baixada bem no dia em que a empresa de Cabo Frio suspendeu os pagamentos de rendimentos aos clientes.

“A TroniPay era uma empresa responsável por pagamentos e recebimento de valores e, coincidentemente, foi baixada no mesmo dia que a GAS anunciou a paralisação das rentabilidades.”

Artêmio ainda declarou que caso os clientes da “Investimento Bitcoin” quiserem, eles poderão colocar a TroniPay no pólo passivo de alguma ação, assim como já aconteceu em um caso que tramita na justiça de São Paulo e cita até o “Faraó dos Bitcoins”.

“Ademais, sua relação na cadeia de consumo com a Investimento Bitcoin causa estranheza e demonstra a blindagem realizada por esta a outra empresa responsável por lesar diversos investidores, podendo ser arrolada solidariamente no pólo passivo de uma demanda judicial.”

Glaidson Acácio dos Santos é processado por cliente da Investimentos Bitcoin, que citava TroniPay
Glaidson Acácio dos Santos é processado por cliente da Investimentos Bitcoin, que citava TroniPay/ Reprodução

Não está claro o porque o “Faraó dos Bitcoins” saiu da sociedade com a TroniPay dois meses antes do fim do negócio, mas o caso certamente chama atenção.

O Livecoins não conseguiu conversar com os antigos sócios da TroniPay para enviar um comentário, mas o espaço segue em aberto para manifestações. No Reclame Aqui, a TroniPay é alvo de várias reclamações de clientes.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias