Fugitivo queria criar Barcelona Digital com uso de Bitcoin

Impasse na independência da Catalunha envolveu a moeda digital. Governo da Espanha atento ao caso.

Siga no
Bandeira da Catalunha Barcelona Bitcoin
Bandeira da Catalunha/Pixabay

Um fugitivo do Governo da Espanha, que buscou financiar a criação de uma “Barcelona Digital” pode ter usado Bitcoin. O homem é um dos acusados de promover o debate público sobre a independência da Catalunha.

O tema é sensível na Espanha, com o governo local negando que a Catalunha sairá de seu território. E um dos principais agitadores da causa hoje é Carles Puigdemont i Casamajó, que foi presidente da Catalunha entre 2016 e 2017.

Carles aprovou na época um plebiscito declarando a independência da Catalunha da Espanha. A principal cidade da região é Barcelona, considerada a capital regional da Catalunha.

A Espanha não gostou de ver a aprovação do plebiscito e mandou prender Puigdemont. Informações recentes dão conta que ele usou criptomoedas para financiar suas atividades pró-libertação da Catalunha.

Para criar República Digital na região de Barcelona, homem pode ter utilizado Bitcoin para financiar atividades

O governo da Espanha tenta, de todas as formas, controlar o movimento separatista da Catalunha. Algumas pessoas da região nutrem um sentimento de que são um estado a parte da Espanha, que não aceita a separação da rica região.

No início de outubro de 2020, Carles e mais dois ex-presidentes da Catalunha deram uma coletiva na França. Na época, os políticos da Catalunha denunciaram a Espanha, acusando o país de violência contra o povo que luta de forma pacífica pela liberdade.

De acordo com a Istoé Dinheiro, Carles denunciou que a Espanha faz perseguição judicial contra ele. Reconhecido hoje como deputado pela Europa, Carles Puigdemont é considerado um fugitivo pela Espanha.

Na época de sua fuga do país, em 2017, ele buscou refúgio na Bélgica. No entanto, nos últimos dias a Espanha prendeu pelo menos quatro pessoas ligadas a Carles. Dessa forma, a Guarda Civil da Espanha afirma ter provas contra o fugitivo, considerado rebelde, do país.

Segundo o NotíciasAoMinuto, a Guarda Civil encontrou transferências de Bitcoin feitas a Carles. Contudo, o valor de 120 mil euros teria sido fruto de desvios públicos, afirma os investidores em sua acusação.

Nova Barcelona poderia ser totalmente digitalizada e com uso de Bitcoins pela população para driblar Espanha

O que chama atenção para o caso é que desde 2017, um projeto ousado de Carles Puigdemont poderia estar sendo planejado. A Guarda Civil aponta que é estudado a criação de uma República Digital em Barcelona, financiada com Bitcoin.

A principal criptomoeda do mundo, inclusive, poderia até passar a ser a moeda oficial da nova república. Vale o destaque que o Bitcoin não é regulamentado em muitos países ainda hoje, mas havia a intenção de legalizar a moeda na nova Barcelona.

Para fugir ao controle do estado espanhol, Carles pensou em digitalizar o país, seguindo o exemplo da Estônia. Ou seja, em um ambiente digital, sem fronteiras, a nova Barcelona seria totalmente aberta na internet e incensurável pelo governo espanhol.

A Guarda Civil da Espanha alerta até que as eleições seriam virtuais no local. Desse modo, a polícia espanhola afirma que as criptomoedas ainda são consideradas pelos políticos que defendem a liberdade da Catalunha e pode até ser até o meio ideal para que eles consigam seus objetivos.

Desde o início de outubro de 2020, os espanhóis esperam ser obrigados a declarar posse de Bitcoin. Ou seja, por lá aumenta a pressão sobre o mercado de criptomoedas.

Cabe o destaque que na história do mundo digital do Bitcoin, vários “países” já surgiram, com ideais libertários. Chamados de criptoestados, os principais seriam Liberland, Puertopia, BitNation, todos financiados com Bitcoin e independentes de estados tradicionais.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Justiça manda bitcoin.org revelar quantos bitcoins brasileiro tem

A justiça do Estado de São Paulo expediu um ofício ao Bitcoin.org, considerado o site oficial do Bitcoin no mundo todo. O caso aconteceu...
BlackFriday-Bitcoin

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...
Imagem: Coin360

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Últimas notícias

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Adolescente tem o sonho de ser investidor de criptomoedas

Um adolescente que ainda cursa o ensino médio no Brasil tem o sonho de ser investidor de criptomoedas ou trabalhar em uma agência bancária. O...