Futuro do WhatsApp Pay no Brasil será decidido hoje

Com a suspensão em menos de uma semana após o lançamento, o Brasil mostra que não será um lugar onde a Libra terá facilidade de operação ou alívio regulatório.

Siga no
WhatsApp Pay é lançado no Brasil
WhatsApp

Na semana passada o Facebook anunciou o WhatsApp Pay, uma forma de transferir dinheiro rapidamente entre pessoas utilizando o aplicativo de mensagens. No entanto, na última terça-feira, 23, o Banco Central suspendeu o funcionamento do aplicativo.

O Banco Central ordenou que a Visa e a Mastercard parassem de oferecer suporte para as transferências bancárias através do WhatsApp logo após a publicação da nota.

A nota publicada pelo Banco Central informa que:

“No âmbito de suas atribuições de regulador e supervisor dos arranjos de pagamento no Brasil, o Banco Central (BC) determinou a Visa e Mastercard que suspendam o início das atividades ou cessem imediatamente a utilização do aplicativo WhatsApp para iniciação de pagamentos e transferências no âmbito dos arranjos instituídos por essas entidades supervisionadas.”

Segundo a organização, a motivação do órgão regulador foi preservar um ambiente competitivo adequado e que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente e barato.

A nota também afirma que, caso a Mastercard e a Visa não tivessem acatado às ordens, elas receberiam multa cominatória.

O eventual início ou continuidade das operações sem a prévia análise do Regulador poderia gerar danos irreparáveis ao SPB notadamente no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados.

Com essa nota, muitos entenderam que o Banco Central impediu o funcionamento do WhatsApp Pay para melhorar as chances do PIX de se tornar uma forma de pagamento utilizada em todo o Brasil, diminuindo a competição.

Sem dúvidas o WhatsApp Pay possuía chances de se tornara amplamente utilizado, considerando a popularidade do aplicativo, que é o Messenger mais utilizado em todo o mundo.

Já para outros, a suspensão é bem-vinda, já que não se pode confiar no Facebook para lidar com dados pessoais, principalmente financeiros.

Futuro do WhatsApp Pay será decidido hoje

WhatsAapp Pay. Imagem: Reprodução/WhatsApp

De acordo com o Portal do Bitcoin, o Banco Central vai se reunir hoje, 24, com executivos do Facebook para discutir a viabilidade do aplicativo e as suas implicações para a economia brasileira. A reunião será fechada para a imprensa.

O site aponta que a reunião contará com os diretores do Banco Central, o diretor de operações do WhatsApp Global Matthew IDema, chefe do WhatsApp Will Cathcart, diretor de produto do WhatsApp Pablo Bello e outros executivos do Facebook.

A reunião acontece em São Paulo, no começo da tarde de hoje. Não se sabe exatamente o que será discutido na ocasião, no entanto, é de se imaginar que o PIX vai estar no centro das atenções, assim como as soluções de pagamento do Facebook.

Mais um passo para trás para a Libra

Libra - Criptomoeda do Facebook
Libra – Criptomoeda do Facebook que continua tendo problemas para ser lançada sem implicância dos governos.

Vale lembrar que o WhatsApp é parte do grupo Facebook, o Facebook por sua vez continua tentando garantir o lançamento da Libra, a sua criptomoeda própria.  Com isso em mente, é possível ver que o WhatsApp Pay é um grande teste para saber como certas jurisdições vão se comportar com o lançamento da Libra.

Com a suspensão em menos de uma semana após o lançamento, o Brasil mostra que não será um lugar onde a Libra terá facilidade de operação ou alívio regulatório. Isso pode representar uma nova pedra no sapato da Libra, que já está sofrendo para conseguir ser lançada.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Preço do Bitcoin em Euro

“Criptomoedas estão com os dias contados”, diz vice-presidente do Bank of China (Brasil)

"As criptomoedas estão com os dias contados", de acordo com Hsia Hua Sheng, professor de finanças da FGV e vice-presidente do Bank of China...
Símbolo do Bitcoin em blocos, representando blockchain atualização Taproot

Binance ainda não deu sinal verde para atualização do Bitcoin e é criticada nas...

A Binance ainda não atualizou sua versão do Bitcoin para aderir ao Taproot, uma das atualizações mais importantes da história do Bitcoin. Como resultado,...
Criptomoeda Chia mineração

Amazon lança mineração em nuvem de Chia e criptomoeda dispara 70%

A criptomoeda Chia foi integrada na AWS, serviço de computação em nuvem da Amazon, segundo uma postagem na pagina chinesa da empresa. Com o...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias