Goldman Sachs vai oferecer investimentos em Bitcoin para clientes

O Goldman Sachs está seguindo os passos do Morgan Stanley, que no inicio do mês anunciou que vai começar a oferecer fundos de Bitcoin para seus clientes. Assim, os clientes dos dois maiores bancos de investimento do mundo podem em breve ter acesso a criptomoedas.

Siga no
Foto/Divulgação

O gigante banco de investimentos americano Goldman Sachs está se preparando para oferecer veículos de investimento baseados em Bitcoin e outras criptomoedas para seus clientes, de acordo com a CNBC.

“Estamos trabalhando em estreita colaboração com as equipes dentro da empresa para explorar a possibilidade de oferecer aos clientes na área de gestão de patrimônios um acesso inteligente e adequado ao ecossistema. Esperamos abrir uma oferta para eles em um futuro próximo”, disse Mary Rich, a nova diretora global de ativos digitais do banco.

O banco pretende oferecer uma “gama completa” de investimentos em Bitcoin e ativos digitais, “seja Bitcoin, derivados ou veículos de investimento tradicionais”.

O Goldman Sachs está seguindo os passos do Morgan Stanley, que no inicio do mês anunciou que vai começar a oferecer fundos de Bitcoin para seus clientes.

Assim, os clientes dos dois maiores bancos de investimento do mundo podem em breve ter acesso a criptomoedas.

O preço do Bitcoin está em alta por causa dos investidores institucionais, que aumentaram a procura pelo ativo. O banco quer suprir essa demanda e explorar a possibilidade de abertura de um novo serviço.

“Há um grupo de clientes que vê esse ativo como uma proteção contra a inflação. A queda  da macroeconomia no ano passado contribuiu claramente para isso”, diz o banco. “Há também um grande grupo de clientes que acredita que estamos presenciando o surgimento de uma espécie de nova Internet e que buscam uma oportunidade de participar desse mercado”.

A divisão de gestão de fortunas privadas do Goldman Sachs é voltada principalmente para pessoas com ativos de investimento de US $ 25 milhões ou mais.

O banco pode oferecer investimentos em fundos de Bitcoin, semelhantes ao Morgan Stanley, bem como outras formas de investimento, “mais consistentes com a classe de ativos subjacentes que é negociada 24 horas por dia, 7 dias por semana, em todo o mundo.”

“Ainda estamos nos estágios iniciais do ecossistema. Ninguém sabe ao certo exatamente como se desenvolverá ou que forma assumirá. Acreditamos que com um grau significativo de confiança podemos falar sobre sua entrada em nosso futuro”, disseram.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

“Bitcoin não me atrai”, diz André Esteves do BTG Pactual em áudio vazado

Um áudio vazado de uma conversa de André Esteves, banqueiro do BTG Pactual, deixou claro a opinião dele sobre o Bitcoin como um investimento. O...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

China pode estar planejando cancelar proibição do Bitcoin

A China tem sido um dos países que mais aparece nos holofotes do setor financeiro, seja ele o tradicional ou então o criptomercado. Com...

Alemanha vai leiloar R$ 75,2 milhões em Bitcoin

O leilão de criptomoedas realizados por diferentes governos tem sido algo cada vez mais comum, e desta vez um estado da Alemanha vai leiloar...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias