Golpe no Facebook manda população comprar Bitcoin urgente

Autoridades de Cingapura estão em alerta máximo!

Siga no

Uma fraude tem chamado atenção das autoridades de Cingapura, visto que utiliza a imagem de personalidades importantes do país. O golpe que está sendo vinculado em anúncios no Facebook afirma que a população deve comprar Bitcoin antes que os bancos fechem essa oportunidade para sempre.

Autoridades e agências de notícias de Cingapura estão combatendo golpe

As autoridades de Cingapura estão correndo para evitar um golpe propagado por anúncios de Facebook no país. A oferta para investimentos em Bitcoin tem utilizado a imagem de governantes e até da imprensa do país.

Com anúncios patrocinados, os golpistas afirmam que a população têm que correr para comprar Bitcoin, antes que os “bancos fechem a oportunidade”. Em vídeos fazendo afirmações de compra de moeda digital, teria aparecido a esposa do atual primeiro-ministro, Ho Ching.

Notícia falsa publicada no The Straits Times. IMAGEM:IRMAALANIZ.COM
Notícia falsa publicada. IMAGEM:IRMAALANIZ.COM

Entretanto, Ho afirmou que nunca pediu que a população comprasse Bitcoin antes. A esposa do primeiro-ministro do país também CEO de uma grande empresa, chamada Temasek Holdings. Um porta-voz da empresa afirmou ao portal de notícias local, The Straits Times, que os golpes são antigos.

Estes não são golpes novos – eles existem há muito tempo e têm como alvo muitos indivíduos de alto perfil, não apenas Ho Ching

De fato, o golpe tem chamado atenção para o uso do Facebook como meio de divulgação. A explicação é porque anúncios patrocinados no Facebook relacionados com criptomoedas haviam sido banidos em 2018, voltando a acontecer apenas em 2019.

Além disso, os vídeos produzidos pelos golpistas utilizam a imagem de atores, capas de revistas e jornais para dar mais legitimidade. Tudo não passa, de acordo com as autoridades, de uma fraude antiga e que está sob investigação.

Bitcoin é uma moeda digital que tem sido vinculada à várias fraudes pelo mundo

Cabe o destaque que o Bitcoin, moeda digital descentralizada, foi criada para eventualmente substituir os bancos. Dessa forma o golpe convence algumas pessoas a comprar Bitcoin, mesmo sendo uma simples propaganda feita pelo Facebook.

Contudo, a fraude pede para que a população compre urgentemente o Bitcoin. O caráter de urgência tem sido, como afirmaram as autoridades, um ponto importante para que a população desconfie do golpe.

Primeiro Ministro Lee Hsien Loong Bitcoin
Captura de tela fornecida pela Autoridade Monetária de Cingapura mostrando que o site alegou que o Primeiro Ministro Lee Hsien Loong, em sua mensagem do Dia Nacional, revelou uma nova “oportunidade de riqueza”. FOTO: straitstimes.com

Com isso, são oferecidos neste golpe algumas plataformas para que as pessoas se cadastrem para comprar Bitcoin. São exigidos cadastros, que devem conter informações pessoais, na oportunidade de enriquecer rapidamente.

O Bitcoin, que possui seu preço estipulado por oferta e demanda, é conhecido por ter uma extrema volatilidade. Ou seja, não há como obter ganhos fixos com a moeda, que inclusive tem passado por uma extrema queda de preços.

Saiba onde está investindo seu dinheiro!

As autoridades de Cingapura emitiram um alerta para que as pessoas conheçam a tecnologia antes de realizar investimentos. Isso seria fundamental para evitar os frequentes golpes associados ao Bitcoin.

No final das contas, as pessoas precisam estar cientes antes de se comprometerem com qualquer coisa que veem online endossada por qualquer pessoa com um perfil público!

Em 2018, os golpes haviam utilizado a imagem do primeiro-ministro de Cingapura, Lee Hsien Loong. Na época, mais de R$ 300 mil foram roubados com essas fraudes. Após um ano, a esposa do primeiro-ministro passou a ser o foco do novo golpe com Bitcoin.

No Brasil, golpes como esse também são comuns e tem evoluído com o passar dos anos, muito devido a lenta punição aos envolvidos. O que fica de lição aos novos investidores é, ao verificar uma “janela de esperança”, desconfie e verifique as atividades das empresas/pessoas antes de aportar dinheiro.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Big Techs

Gigantes da tecnologia correm para entrar no mercado de criptomoedas

Amazon, Facebook, Twitter, Reddit, Signal, Kin e provavelmente o Google são apenas algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo que agora estão envolvidas...
UniSwap-arte

Uniswap dobra o joelho para regulação e censura mais de 100 criptomoedas

A Uniswap Labs, empresa responsável pelo desenvolvimento da exchange "descentralizada" Uniswap, anunciou que limitará o acesso a mais de 100 tokens em sua plataforma. O...
Uniswap moeda

Criptomoeda de graça na Uniswap é golpe que pode drenar saldo de carteira

Um ataque cibernético aplicado na Uniswap envolvendo uma distribuição gratuita de criptomoedas (airdrop) na rede Ethereum pode drenar todo o saldo das carteiras dos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias