Golpistas se passam por representantes da OMS para roubar bitcoins

Email enviado em noma da Organização Mundial da Saúde pede doações em bitcoin.

Siga no
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay
Hacker. Imagem: Cortesia Pixabay

Em tempos de coronavírus os golpistas estão tentando arrancar dinheiro das pessoas de todas as formas possíveis. Em pouco tempo os malandros virtuais já criaram falsos aplicativos para rastreamento do vírus, venda de MP3 que “cura covid-19”, e até sangue infectado para “espalhar no trabalho”.

Agora, o site de notícias sobre segurança Hackread.com descobriu que os larápios virtuais estão se passando por representantes da Organização Mundial da Saúde ( OMS ) para roubar bitcoin de usuários desavisados ​​com uma suposta doação para a organização.

De acordo com o site, as ratazanas cibernéticas estão enviando e-mails solicitando doações em bitcoin.

No email, que pode ser visto abaixo, eles dizem que a OMS está enfrentando o vírus na linha de frente, e que essas supostas doações ajudam no trabalho da organização. Eles dizem que qualquer pessoa no mundo pode ajudar através da “rede do bitcoin”.

Abaixo a mensagem do e-mail:

Todos fomos afetados pela pandemia do COVID-19. É um desafio para a saúde sem precedentes e sabemos que pessoas e organizações em todos os lugares querem ajudar. A organização mundial de saúde (OMS) está liderando e coordenando o esforço global, apoiando os países a prevenir, detectar e responder à pandemia.

A maior necessidade agora é ajudar a garantir que todos os países estejam preparados, especialmente aqueles com os sistemas de saúde mais fracos.

As doações ajudam o trabalho da OMS para rastrear e entender a propagação do vírus para garantir que os pacientes recebam os cuidados de que precisam e que os funcionários da linha de frente obtenham suprimentos, informações essenciais e acelerem os esforços para desenvolver vacinas, testes e tratamentos.

Agora você pode nos ajudar doando qualquer quantia que desejar através da rede do Bitcoin.

E-mail de golpista que se passa por OMS. Imagem: hackread.com
E-mail de golpista que se passa por OMS. Imagem: hackread.com

Ninguém enviou doações

Apesar da criatividade dos ratos, após analisar duas carteiras dos emails enviados as possíveis vítimas é possível perceber que ambas estão vazias. Ou seja, ninguém enviou nenhuma fração de bitcoin para as wallets e logo, ninguém caiu no golpe.

O alerta que fica é o mesmo que temos dado dia após dia quando reportamos sobre golpes. Os golpistas farão de tudo para tomar seus bitcoins, seja quanto for, e não importa como.

Sempre foi assim, mas em tempos de pandemia, eles estão tentando aproveitar do pânico mundial.

Desde que começou o isolamento social o número de golpes online aumentou em pelo menos 25%. Os golpistas virtuais dentro de casa estão com mais tempo para pensar em como roubar suas vítimas.

Recentemente um “vagabundo online” teve a audácia de vender uma suposta cura para o coronavírus em MP3, ele dizia que as pessoas deveriam ouvir o áudio de 3 a 6 vezes por dia para “matar o vírus.

É mole?

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Investidores confundem “bitcoin gold” com BTG Pactual e moeda dispara 200%

O valor da criptomoeda bitcoin gold (BTG), que surgiu em 2017 como uma cópia do Bitcoin, valorizou 200% nos último 7 dias. O motivo...

XRP sobe 200% em 30 dias e alcança maior valor de 3 anos

A criptomoeda XRP, emitida pela Ripple, continua sua tendência de alta neste final de semana. A moeda digital valorizou 136% nos últimos 7 dias...

Ethereum será atualizado em 14 de abril, Bitcoin vai comer poeira?

Está previsto para a próxima quarta-feira (14 de abril) a mais nova atualização da plataforma Ethereum. Chamada de Berlin, o update da rede foi...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias