Google vai permitir anúncios relacionados a criptomoedas

Siga no

A gigante de busca Google reverteu sua política anunciada em março de que todas as empresas relacionadas à criptomoedas estariam proibidas de fazer anúncios no Google Adwords. Em um comunicado oficial, a gigante da internet disse que a partir de outubro irá aceitar anúncios relacionados as criptomoedas de empresas regulamentadas e pré-aprovadas.

No começo do ano o Google anunciou a proibição de anúncios relacionados a criptomoedas e ICOs. Esta decisão fez com que o preço do Bitcoin perdesse mais de 10% em valor de mercado.

A decisão de banir publicidade veio depois que comunicados semelhantes foram feitos pelas gigantes da internet Facebook e Twitter. O Facebook flexibilizou algumas das restrições em junho.

google permite anuncios criptomoedas
Google permite anuncios criptomoedas. Imagem: Google

O Google atualizou a política de “Produtos e Serviços Financeiros” para criar um processo de verificação que permite que empresas promovam alguns projetos de criptomoedas.

Os anunciantes que desejam veicular anúncios de produtos e serviços de criptomoedas devem se submeter a uma avaliação. De acordo com o comunicado “Os anunciantes precisarão ser certificados pelo Google para o país específico em que seus anúncios serão veiculados. Os anunciantes poderão solicitar a certificação quando a política for lançada em outubro. Esta política será aplicada globalmente a todas as contas que anunciam esses produtos financeiros.”

A decisão do Google segue um movimento similar do Facebook. A empresa permitiu que determinados anúncios promovessem criptomoedas e conteúdos relacionados por anunciantes pré-aprovados, ao mesmo tempo em que bania aqueles vinculados a opções binárias e ICOs.

Apesar de sua aparente aversão à criptomoedas, o Google tem se envolvido mais ativamente com o desenvolvimento da tecnologia blockchain e é o segundo maior investidor corporativo de blockchain desde 2012, de acordo com um relatório da CB Insights.

As criptomoedas e a tecnologia blockchain alcançaram um alto nível de popularidade. Mas, como a indústria está em sua fase inicial, o desenvolvimento de uma infraestrutura robusta e segura é necessário para permitir que as criptomoedas evoluam para uma importante classe de ativos.

Então, a proibição que aconteceu no inicio do ano não foi vista por todos como uma ação totalmente negativa. Afinal, ajudou novatos no mercado a não cair em golpes. É importante lembrar no entanto que a proibição total da publicidade impediu que empresas reconhecidas e confiáveis no mercado expandissem seus serviços, alcance e base de usuários. 

A nova decisão do Google permitirá que instituições e investidores individuais no mercado ganhem confiança no mercado de criptomoedas.

Fonte: BTCFocus

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org
Robert Kiyosaki, autor de pai rico pai pobre

“EUA seguirá China e tornará bitcoin ilegal, melhor vender agora” diz autor de ‘Pai...

Robert Kiyosaki, famoso autor do sucesso 'Pai Rico, Pai Pobre' tem sido um grande crítico do atual setor financeiro e um apoiador do Bitcoin....
Youtuber Felipe Neto

Criptomoeda com “potencial imenso” que Felipe Neto investiu derrete 53%

Uma criptomoeda que o youtuber Felipe Neto investiu derreteu 53% e chamou a atenção de um analista da bolsa de valores brasileira. O projeto em...
Alibaba Bitcoin

Alibaba proíbe venda de equipamentos de mineração de bitcoin

A proibição do Bitcoin na China começa a afetar outros setores da indústria. Desta vez a gigante Alibaba, 9ª maior empresa do mundo por...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias