Governo americano envia ajuda à Venezuela através de criptomoeda

Um analista sugeriu que o governo dos EUA deveria usar criptomoedas para enviar ajuda à Venezuela para contornar as restrições impostas por Maduro. Foi exatamente o que eles fizeram.

Siga no
Donald Trump segurando um Bitcoin
Donald Trump segurando um Bitcoin

O governo americano utilizou uma stablecoin para promulgar uma politica externa. O token baseado em Ethereum USDC foi usado pelo Departamento do Tesouro dos Estados Unidos para enviar fundos apreendidos do governo de Maduro para profissionais de saúde venezuelanos.

Jeremy Allaire, o CEO da Circle e criador do USDC disse que “as stablecoins agora são uma ferramenta da política externa dos EUA”. USDC é uma stablecoin lastreada em dólar, isso quer dizer que cada token vale 1 dólar (1:1).

Em uma descrição bastante detalhada a Circle diz que uma parceria com a República Bolivariana da Venezuela, liderada por Juan Guaido, e a FinTech americana Airtm foram usadas para levar ajuda para a Venezuela com o apoio dos Estados Unidos:

“Nesse novo fluxo de entrega de ajuda, o Tesouro dos EUA e o Banco Central liberam recursos para a conta do governo Guaidó. O governo Guaidó então usa esses fundos para emitir USDC.

O USDC é enviado para a FinTech Airtm, uma plataforma de pagamentos que possibilita transferência em dólares na América do Norte, Central e do Sul.

Assim que o USDC é recebido nas carteiras da Airtm, ele é então distribuído para contas de profissionais de saúde venezuelanos como AirUSD (token de dólar garantido por moeda estável da Airtm).

Os profissionais de saúde podem então sacar para suas contas bancárias bolívares, enviar para outros usuários ou até mesmo gastar os fundos online em qualquer lugar usando um cartão de débito virtual da Airtm – evitando a necessidade de um banco.

Com mais de meio milhão de usuários na Venezuela, a rede da Airtm é grande o suficiente para suportar transações ponto a ponto para tornar essa uma solução viável para transações do dia a dia, como pagar aluguel.

Por que EUA ajuda Venezuela?

Como você deve se lembrar, houve todo um impasse político no ano passado em que o governo de Maduro não permitiu a entrada de ajuda americana.

Os analistas sugerem que Maduro mantém alguma popularidade devido à distribuição de comida e outras coisas. Portanto, se os EUA estivessem fazendo o mesmo, isso prejudicaria seu apoio.

O problema, entretanto, era como levar a ajuda até lá, algo que as criptomoedas resolveram organicamente logo no início, quando todos nós tomamos conhecimento de que a situação na Venezuela havia se transformado em desespero.

Um analista então sugeriu que o governo dos EUA deveria usar criptomoedas para enviar ajuda e contornar as restrições. Foi exatamente o que eles fizeram.

O que significa, no que diz respeito ao mercado, que os EUA se juntaram ao Irã no uso de criptomoedas para contornar sanções.

Suspeitamos que o Irã tem feito isso desde o ano passado, mas eles tornaram oficial recentemente com aprovação de uma lei para o uso de bitcoins para importações.

Essa é uma mudança de paradigma, e o fato de que os Estados Unidos agora estão efetivamente fazendo o mesmo ao contornar o que pode ser chamado de sanções venezuelanas, enfatiza o quanto isso pode representar uma mudança.

Também pode significar uma transformação para a indústria da ajuda, que frequentemente reclama que governos corruptos roubam a ajuda enviada.

Com criptomoedas, sistemas podem ser configurados para que os fundos vão diretamente para as pessoas, especialmente se houver envolvimento do governo, como foi o caso aqui.

Isso é algo difícil de fazer em alguns aspectos, mas no que diz respeito à África, a Paxos, por exemplo, provavelmente pode facilitar muito, e na África do Sul há Airtm, que é o que os bitcoiners venezuelanos também usaram.

Isso tudo também significa que, quer Ray Dalio ou Jamie Dimon gostem ou não, o governo não pode proibir criptomoedas porque eles precisam muito dela para financiar suas operações secretas de espionagem ou, neste caso, operações de ajuda e logo o suficiente para escapar da deflação em massa.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
TrustNodes
TrustNodeshttps://trustnodes.com
News on all things Blockchain, Ethereum, IoT, Fintech and Bitcoin.

“ETFs de Bitcoin podem revolucionar o mercado” diz Wall Street Journal

O Bitcoin já dobrou de preço em 2021, com um crescimento que viu o preço sair da casa dos US $ 29 mil para...
Imagem: MicroStrategy Youtube

Diretores da MicroStrategy agora serão pagos em Bitcoin

A MicroStrategy, empresa de análise de negócios que desde meados de 2020 vem investindo em Bitcoin, anunciou na manhã desta segunda-feira (12) que o...

Binance lista ações da Tesla e BNB bate novo recorde de preço

A Binance, maior corretora de criptomoedas do mundo em termos de volume, anunciou a listagem de ações tokenizadas da Tesla. Isso significa que os...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias