Investidor que previu a crise de 2008 alerta para 2023 “caótico”

Com a recente crise e com os governos tentando lidar com ela da mesma forma que foi feito em 2008, a inflação ao redor do mundo está atingindo níveis recordes em diferentes países, principalmente nos EUA.

Michael Burry é um dos mais conhecidos investidores atuais, tendo ficado conhecido após lucrar milhões com a crise de 2008 ao apostar contra o mercado financeiro. Sua carreira como investidor ficou ainda mais conhecida após o drama indicado ao Oscar “A Grande Aposta”, de 2015.

O investidor, conhecido por ter apostado de forma certeira em uma crise anterior, alertou que o mercado financeiro vivenciará uma piora na inflação. Em um tweet em sua rede social oficial, ele argumentou que a economia dos EUA passará por um novo ciclo de recessão em 2023, com um momento mais agravante durante a segunda metade do ano.

“A Inflação atingiu seu auge. Mas não é o último auge desse ciclo. Nós provavelmente veremos um Índice de Preço Consumidor mais baixo, possivelmente negativo na segunda metade de 2023 e os EUA estarão em recessão por todas as definições. O Fed vai cortar e o governo vai estimular. Teremos outro auge da inflação.”

Com a recente crise e com os governos tentando lidar com ela da mesma forma que foi feito em 2008, a inflação ao redor do mundo está atingindo níveis recordes em diferentes países, principalmente nos EUA, que, infelizmente, possui um poder de influência muito grande em outras economias.

Maior inflação em décadas nos EUA e crise mundial

A taxa de inflação nos Estados Unidos atingiu a maior alta em 40 anos, alcançando o valor dos 9,1% no meio do ano e terminou 2022 por volta de 7%. Ao mesmo tempo, o país alcançou o valor mais alto da sua dívida história, devendo cerca de 150% do seu próprio PIB. 

Recentemente, o Banco Central dos EUA aumentou sua taxa básica de juros de quase zero para mais de 4%, indicando que essa taxa atingiria um pico de mais de 5% em 2023.

A situação financeira ao redor do mundo segue a mesma linha caótica, basta observar o quanto o Reino Unido também teve problemas com a inflação e a zona do Euro viu a sua moeda oficial ficar alcançar paridade com o dólar, algo que não acontecia há década.

Sendo assim, a previsão de Burry não soa como as previsões apocalípticas de outros nomes como o de Robert Kiyosaki, mas sim uma possibilidade. Portanto, como sempre, é bom estarmos preparados para um ano complicado ao redor do mundo em relação à economia e nos proteger da temida inflação.

💰 $100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias