Investidores de criptomoedas no Japão protestam contra altos impostos

Segundo estudo da Mediverse, o número de investidores em criptomoedas no Japão saltou de 4% em 2021 para 13% em 2021, apesar da queda geral de preços neste ano.

Propaganda do Bitcoin em estação de metrô no Japão.
Propaganda do Bitcoin em estação de metrô no Japão.

Embora o Japão tenha se mostrado à favor das criptomoedas em 2017, sua posição mudou ao longo dos últimos cinco anos, criando pressão sobre seus investidores. Devido a isso, grupos estão começando a protestar contra a atual política japonesa.

Segundo a Bloomberg, tais associações estão preparando uma proposta para os reguladores japoneses, pedindo redução de impostos sobre a criação e investimentos em criptomoedas.

Em relação às moedas preferidas pelos japoneses, o Bitcoin lidera esta disputa, seguido pelo Ethereum. Além disso, o país asiático teve um grande crescimento de adoção, apesar dos problemas citados acima.

Iene japonês perdendo força, Bitcoin ganhando popularidade

Embora o Japão seja um dos países com a menor inflação, o iene japonês já perdeu 16% de seu valor em relação ao dólar desde janeiro deste ano. Além disso, as oportunidades de ganhos apresentadas pelo Bitcoin podem ser um grande atrativo aos japoneses.

Segundo estudo da Mediverse, o número de investidores em criptomoedas no Japão saltou de 4% em 2021 para 13% em 2021, apesar da queda geral de preços neste ano.

Entretanto, mais preocupante que as quedas são os altos impostos cobrados pelo governo japonês. Segundo a Bloomberg, investidores japoneses precisam pagar 30% ao Estado, número idêntico ao da Índia, tanto em lucros realizados quanto não-realizados.

Sendo assim, certos grupos estão tentando mudar este jogo, propondo que as taxas sejam diminuídas, chegando a um teto de 20% no primeiro momento. Embora ainda pareça alto, seria uma confirmação de que o governo está disposto a conversar sobre o assunto, caso a proposta seja aceita.

Por fim, o país também é bastante rígido em relação à criação de tokens, o que, por consequência, faz empreendedores migrarem para outros países, também levando capital e empregos consigo.

As criptomoedas mais populares no Japão

Assim como no mundo inteiro, o Bitcoin segue como a criptomoeda mais popular do Japão. Logo em seguida, o Ethereum, segunda maior do mercado, aparece com 1/3 da popularidade do BTC, seguido por outros criptoativos menores.

Criptomoedas mais populares no Japão. Fonte: Mediverse.

Portanto, investidores e empreendedores podem estar enxergando grandes oportunidades no setor, principalmente pelo Japão ser conhecido por ser um país tecnológico. Entretanto, é preciso que o governo não atrapalhe o crescimento desta indústria para que ela floresça.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias