Jogador da NFL vai receber salário em Bitcoin

Russell Okung será o primeiro jogador da NFL na história a receber salário em bitcoin

Siga no

O jogador da NFL, Russell Okun, receberá metade de seu contrato de US$ 13 milhões (R$ 67 milhões) em Bitcoin. De acordo com Ian Rapoport da NFL Network, o jogador de 32 anos é o primeiro jogador da liga esportiva profissional de futebol americano dos Estados Unidos a ser pago com a moeda digital.

De acordo com a Coindesk, o pagamento será feito por meio da plataforma Strike, startup fundada por Jack Mallers que permite que os salários sejam pagos em bitcoin. Mallers revelou que a autorização da NFL era necessária para confirmar o acordo, ele disse também que outros atletas profissionais da NBA (basquete) e MLB (beisebol) também vão começar a participar do programa.

O jogador da NFL é um antigo apoiador do Bitcoin, falando sobre o ativo digital várias vezes em seu Twitter e em sua vida profissional.

“A próxima década será sobre a adoção em massa do bitcoin”, disse.

Quando perguntado por que não receber 100% do salário em Bitcoin, ele brincou: “Minha esposa ainda não aderiu totalmente”. Ele disse que o objetivo é receber os bitcoins e guarda-los, ao invés de gastar.

Os bitcoins serão enviados para uma carteira privada e não ficarão em nenhuma plataforma ou corretora.

O jogador pede para ser pago com a moeda digital desde 2019, contudo, o time não havia atendido seu desejo até então.

De acordo com o CryptoPotato, se ele estivesse recebendo metade do seu salário em Bitcoin desde 2019, quando a moeda digital era negociada na faixa dos US$ 7 mil, hoje ele teria a bagatela de US $ 29,86 milhões só em Bitcoin.

Russell assinou um contrato de quatro anos de $ 53 milhões com o time Los Angeles Chargers em 2017. A decisão de receber parte do seu salário em Bitcoin causou grande empolgação na comunidade da NFL.

A National Football League (NFL) é a principal liga profissional do futebol americano nos Estados Unidos. Com base na audiência a NFL se tornou a liga de esportes profissionais mais popular dos Estados Unidos. Seu campeonato, o Super Bowl, costuma ser o evento televisivo mais assistido do ano, alguns chamam de o maior evento esportivo do mundo.

Isso é, o Bitcoin continua com sua adoção em massa e recebendo publicidade gratuita em um dos maiores eventos do mundo. Milhões de pessoas agora sabem que o Bitcoin não é uma moeda qualquer, ela pode ser usada para pagamentos, serviços, investimentos, reserva de valor, e claro, pagamento de salário.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Big Techs

Gigantes da tecnologia correm para entrar no mercado de criptomoedas

Amazon, Facebook, Twitter, Reddit, Signal, Kin e provavelmente o Google são apenas algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo que agora estão envolvidas...
UniSwap-arte

Uniswap dobra o joelho para regulação e censura mais de 100 criptomoedas

A Uniswap Labs, empresa responsável pelo desenvolvimento da exchange "descentralizada" Uniswap, anunciou que limitará o acesso a mais de 100 tokens em sua plataforma. O...
Uniswap moeda

Criptomoeda de graça na Uniswap é golpe que pode drenar saldo de carteira

Um ataque cibernético aplicado na Uniswap envolvendo uma distribuição gratuita de criptomoedas (airdrop) na rede Ethereum pode drenar todo o saldo das carteiras dos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias