Juiz diz que mercado de criptomoedas é nebuloso

Genbit contribuindo para a má reputação do mercado de criptomoedas

Siga no

Ao analisar acusações de um cliente contra a plataforma de exchanges GenBit, o juiz Fábio Henrique Prado de Toledo julgou haver indícios de irregularidade nas operações da empresa. De acordo com a vítima, além de não receber nenhuma quantia de seu rendimento, foi proibida de realizar saques. Baseando-se neste fato, o magistrado fez considerações a respeito do mercado de criptomoedas. Ele afirmou que a área ainda é nebulosa, e por este motivo demandar um cuidado maior por parte de seus investidores.

De acordo com a decisão do juiz, todos os clientes que investiram na plataforma, foram enganados. O magistrado declara que o fato de não haver rentabilidade no investimento demonstra uma grande probabilidade de se tratar de um esquema de pirâmide financeira. Suas considerações apontam que a GenBit explora atividade de investimento em ativos virtuais, atraindo investidores com promessas de lucro de 15% ao mês que não são cumpridas.

O magistrado indica que os valores desviados das vítimas decorre provavelmente de golpe, ou em outra hipótese de quebra involuntária dos operadores, ocorrida por má gestão. Por conta disto, Fábio determinou a apreensão judicial da empresa, estipulando uma tutela de urgência para seus responsáveis no valor R$ 26.500,00. A GenBit terá um prazo de 15 dias úteis para se manifestar sobre essa decisão e recorrer, se assim desejar.

Sobre a GenBit

Com o nome social de Gensa Serviços Digitais S/A, a GenBit tem passado por problemas de ordem financeira já há algum tempo. Nesta segunda-feira (10), a decisão do magistrado torna os bens da empresa oficialmente bloqueados perante a lei. Além de lucros de até 15%, havia uma promessa aos investidores por parte da plataforma de que quem trouxesse novos clientes receberia um adicional de 10% sobre o capital investido.

De acordo com as avaliações do site Reclame Aqui, a Exchange tem uma reputação bastante baixa, de apenas 2.6 sobre 10. Pouco mais de 13% dos casos declarados no site foram resolvidos, sendo a maior parte referentes a quantias depositadas que não tiveram retorno. Conforme considerou o juiz Fábio, este comportamento indica um esquema de pirâmide clássico.

A sede da empresa está localizada em Campinas (SP), e já era investigada pela Polícia Civil e o Ministério Púlico. Além disto, no ano passo a companhia tinha sido proibida pela Comissão de Valores Mobiliários (CMV) a fazer oferta pública de investimentos. O inquérito pra investigar a possibilidade de pirâmide financeira por parte da GenBit foi aberto ainda no final de 2017.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".
Mão segurando Bitcoin em pilha de moedas

‘Barão do Bitcoin’ fará workshop sobre criptomoedas

Com o desempenho do Bitcoin ao longo dos anos muita gente passou a ter interesse na possibilidade de investir na criptomoeda, mas por onde...
BLOCKCHAIN

Entidade ligada ao Conselho Federal de Engenharia contrata serviço em Blockchain por R$ 1,63...

A Mútua de Assistência dos profissionais do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) contratou por R$ 1.634.000,00 a empresa Ágile Corporation para fornecer...
Bitcoin Aceito Aqui

GoldConnect é a primeira Telecom a aceitar Bitcoin na América Latina

A primeira Telecom a aceitar Bitcoin como meio de pagamento na América Latina é a GoldConnect. Com atuação em mais de 17 países da...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias