Justiça bloqueia bens em nome de sócios da BWA Brasil

Neste caso milionário, o juiz entendeu que não seria necessário realizar audiência, uma vez que estas não tem sido relevantes para resolver problemas. Ou seja, a decisão favorável aos investidores que perderam milhões na BWA Brasil já foi dada, cabendo a empresa recorrer em até 15 dias úteis.

-

Nos siga no:
Martelo da Justiça
Martelo da Justiça

As contas da BWA Brasil sofreram mais um duro golpe na justiça brasileira. Isso porque, dois processos de ex-investidores que perderam R$ 5 milhões na BWA Brasil ganharam o direito de bloquear os valores nas contas da empresa, que é acusada de operar um esquema de pirâmide financeira com criptomoedas.

Com sede em São Paulo, a BWA Brasil oferecia aos clientes rendimentos com criptomoedas. Contudo, desde dezembro de 2019 não tem possibilitado aos clientes os saques e até o acesso à plataforma de investimentos.

Desesperados e em busca de soluções, muitos encaram na justiça brasileira a esperança de reaver seus investimentos. O caso da BWA Brasil tem acirrado nos últimos meses, com mais que R$ 30 milhões de clientes presos.

Investidores da BWA Brasil perdem mais que R$ 5 milhões após problemas de saques, processos na justiça

A BWA Brasil Tecnologia Digital LTDA é uma empresa registrada em São Paulo. Consta no registro do quadro societário da empresa os sócios Roberto Willens Ribeiro, Marcos Aranha, Jéssica Da Silva Farias, mas Paulo Roberto Ramos Bilibio é apontado por alguns como o empresário por trás do negócio.

Acumulando problemas desde o final de 2019, a BWA Brasil já é investigada pela Polícia Civil do Estado de São Paulo. Os problemas começaram após inúmeras reclamações de clientes apontando a empresa como uma suposta pirâmide financeira.

Na justiça paulista, foram publicados dois processos contra a BWA Brasil no Diário da Justiça desta segunda (18). Somados, ambos os processos dão conta que R$ 5.089.810,87 teriam sido perdidos na possível pirâmide.

O processo 1005531-18.2020.8.26.0562 que mais chamou atenção é uma ação coletiva que corre em segredo de justiça. Nela, os investidores alegaram que a BWA Brasil teria retido R$ 4.335.699,89 de vários investidores, que teriam ficado sem acesso à plataforma de investimentos.

a corretora deixou de repassar os rendimentos prometidos, suspendendo os pedidos de levantamento das aplicações dos investidores, conforme documentos juntados

Caso bens não sejam encontrados em contas bancárias da empresa, bens dos sócios poderão ser bloqueados

A justiça paulista entende que há a possibilidade de não haver bens nas contas da BWA Brasil. Mesmo assim, o juiz que cuida do caso já deixou determinado que em caso de problemas ao encontrar bens pelos sistemas BACENJUD, INFOJUD e RENAJUD, imóveis em nome da empresa e seus sócios poderão ser bloqueados.

No caso da insuficiência de bens delas para garantir a restituição aos autores, defiro, subsidiariamente, o arresto de bens imóveis e valores dos sócios, em razão da hipótese de desconsideração da personalidade juridica prevista no Código de defesa do Consumidor.

Neste caso milionário, o juiz entendeu que não seria necessário realizar audiência, uma vez que estas não tem sido relevantes para resolver problemas. Ou seja, a decisão favorável aos investidores que perderam milhões na BWA Brasil já foi dada, cabendo a empresa recorrer em até 15 dias úteis.

Esposa de médico falecido corre na justiça contra o tempo para reaver investimento feito por marido na BWA Brasil

Outro processo publicado contra a BWA Brasil nesta segunda no Diário da Justiça é de número 1004076-18.2020.8.26.0562. A autora do processo é a esposa de um médico que era referência em cirurgia plástica no Brasil e faleceu em outubro de 2019, de acordo com a Associação Paulista de Medicina.

Nos autos do processo, que não corre em sigilo de justiça, o médico teria investido R$ 754.110,78 antes de falecer. O caso pediu que o valor seja bloqueado em contas da BWA Brasil e, além disso, sejam bloqueadas eventuais aeronaves em nome da ré. Para isso, será enviado um ofício a ANAC, citando nome dos requeridos.

Em resumo, caso a BWA Brasil tenha alguma embarcação, também deverá ser bloqueada. Ou seja, os cerca de R$ 5 milhões presos na BWA Brasil deverão ser buscados em vários bens e contas, com clientes desesperados para reaver seus investimentos na possível pirâmide financeira.

bloqueio de transferência de propriedade de eventuais embarcações registradas em nome dos requeridos, oficiando-se, para tanto, à Capitania dos Portos, devendo o ofício ser impresso e encaminhado pelos autores

No Reclame Aqui, a BWA Brasil já possui pelo menos 60 reclamações de clientes, apontando os problemas de acesso à plataforma de investidores, além é claro, da falta de saques, como as maiores contrariedades. O Livecoins tentou contato com o empresário Paulo, mas não recebeu retorno até o final desta reportagem.

----------------------------------------- Quer comprar Bitcoin? Conheça a Ripio! A plataforma mais simples para iniciantes e experts na economia digital, Acesse https://www.ripio.com/pt/
Quer receber novidades no e-mail? Assine nossa  Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertolucci
Entusiasta de Bitcoin, formado em Análise de Dados e BI.

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sequestro de empresário tem caso ligado à pirâmide

Um empresário foi alvo de um sequestro cinematográfico em Maceió no último domingo (24), podendo o caso ter ligações com uma pirâmide financeira. A...

Maior banco da Rússia vai investir R$ 500 milhões para instalar 5 mil caixas...

A atual pandemia da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus (Sars-COV-2) tem mudado muitas coisas em todos os lugares. As criptomoedas e a...
Criptomoeda do Facebook, Libra

Facebook troca nome de sua carteira digital para “Novi”

O anuncio da criptomoeda do Facebook, a Libra, pegou muita gente de surpresa durante 2019 e foi um dos assuntos mais comentados em todo...
Baleia de Bitcoin

Baleias estão aproveitando queda do Bitcoin para comprar mais

O halving do Bitcoin foi um momento muito aguardado por todos que acompanham o ecossistema da criptomoeda. Nos dias seguintes após o halving, o Bitcoin...
Dólar físico e Bitcoin Digital

Preço do Bitcoin no Brasil acompanha tombo do dólar

Após uma forte atuação no câmbio, o Banco Central do Brasil conseguiu valorizar o real, ainda que pouco. Mas com o dólar em queda,...